Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Programa de formação de educadores para o enfrentamento da violência: prevenção (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MACHADO, MARIA APARECIDA MIRANDA DE PAULA - FOB
  • USP Schools: FOB
  • Subjects: PROFESSORES; VIOLÊNCIA; FORMAÇÃO DE PROFESSORES
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo O objetivo desse estudo é verificar o conhecimento de professores do ensino público infantil, fundamental e educação para jovens e adultos sobre o tema violência. 2. Método Aplicação de um formulário aos diretores e professores da rede municipal de ensino a respeito de conhecimentos básicos sobre a violência. As respostas subjetivas e objetivas serão categorizadas e analisadas de forma quantitativa, por meio de processos estatísticos e qualitativamente, utilizando a análise do discurso do sujeito coletivo. 3. Resultados parciais Um mil e quinhentos formulários contendo questões de múltiplas respostas foram distribuídos na rede pública de ensino e apenas vinte e dois foram devolvidos dos quais três categorias foram obtidas: 1. o que os professores sabem a respeito do tema violência; 2. o que os professores sabem a respeito da violência que ocorre com seus próprios alunos; 3. como a violência tem influenciado no desempenho escolar dos alunos expostos ou agressores. Em relação à primeira categoria as respostas indicam que os professores consideram violência como atos e comportamentos agressivos, e que pode ser reconhecida em atitudes físicas, psicológicas e sociais, além de ser resultado da exposição e não do nível social ou econômico. Conhecem os recursos que o município dispõe para atender os casos de violência, buscam diretrizes quando se defrontam com casos na escola e temem reações agressivas por parte do denunciado ou de sua família. Consideram um fenômeno multicausal e seu controle dependente de numerosas ações. A segunda categoria diz respeito ao atendimento dado pelos professores aos alunos que sofrem ou provocam violência, indicando que há integralidade e acolhimento. Referente à terceira categoria, foram obtidas respostas que comprovam que o desempenho do aluno que sofre ou provoca violência é sempre pior que dosoutros, ocorrendo dificuldades na aprendizagem e no relacionamento com o outro. 4. Conclusão Considerando as três categorias foi possível observar que os professores conhecem a respeito da violência, mas que não sabem como lidar com os casos que surgem nas escolas, embora sejam afetivas no acolhimento. É possível notar, também, que a violência, seja ela praticada ou sofrida pelo aluno em ambiente escolar ou doméstico, traz prejuízos na educação escolar para o aluno
  • Imprenta:
  • Source:
  • Conference titles: Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo - SIICUSP

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MACHADO, Maria Aparecida Miranda de Paula; ROCHA, Alice. Programa de formação de educadores para o enfrentamento da violência: prevenção. Anais.. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2009.
    • APA

      Machado, M. A. M. de P., & Rocha, A. (2009). Programa de formação de educadores para o enfrentamento da violência: prevenção. In Resumos. São Paulo: Universidade de São Paulo.
    • NLM

      Machado MAM de P, Rocha A. Programa de formação de educadores para o enfrentamento da violência: prevenção. Resumos. 2009 ;
    • Vancouver

      Machado MAM de P, Rocha A. Programa de formação de educadores para o enfrentamento da violência: prevenção. Resumos. 2009 ;