Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Características neuropsicológicas no transtorno obsessivo compulsivo e seu impacto na resposta ao tratamento (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: D'ALCANTE, CARINA CHAUBET - FM
  • USP Schools: FM
  • Sigla do Departamento: MPS
  • Subjects: TRANSTORNO OBSESSIVO-COMPULSIVO (QUIMIOTERAPIA;TERAPIA); NEUROPSICOLOGIA; TERAPIA COGNITIVA; TERAPIA COMPORTAMENTAL; ANTIDEPRESSIVOS
  • Language: Português
  • Abstract: Estudos prévios avaliando domínios neuropsicológicos, especialmente funções executivas, indicam a presença de déficits em portadores do Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC). No entanto, achados neste sentido são muitas vezes contraditórios. Estas divergências podem, em parte, ser explicadas a partir de limitações metodológicas como pareamento inadequado de pacientes e controles e o uso de medicamentos no momento da avaliação neuropsicológica. Este estudo teve os seguintes objetivos: 1) verificar o funcionamento neuropsicológico, especialmente das funções executivas, de pacientes portadores de TOC sem tratamento prévio comparados a controles normais; 2) identificar fatores neuropsicológicos preditivos de resposta a tratamento com terapia cognitivo-comportamental em grupo (TCCG) ou fluoxetina. Pacientes portadores de TOC (n=50) foram pareados com controles saudáveis (n=35) por gênero, idade, escolaridade, nível socioeconômico e lateralidade manual. Estes foram avaliados a partir de uma bateria neuropsicológica investigando: quociente intelectual, funções executivas, memória verbal e não verbal, habilidades sociais e funções motoras. Os pacientes portadores de TOC foram alocados em dois subgrupos: 26 foram submetidos a tratamento medicamentoso com fluoxetina e 24 foram submetidos a um protocolo de TCCG por 12 semanas. Encontramos déficits nos pacientes portadores de TOC quando comparados a controles saudáveis quanto à flexibilidade cognitiva (segundo teste de Hayling), funções motoras (pelo teste de Grooved pegboard) e habilidades sociais (pelo inventário de Del Prette). Algumas medidas neuropsicológicas foram preditivas de melhor resposta a ambos os tratamentos: maior número de respostas corretas no teste do California verbal learning test (CVLT) (Trials 1-5); maior rapidez na parte D 14 (Dots) do Victoria stroop test (VST); maior lentidão na parte W (Word) no VST emenor número de erros na parte C (Colors) do VST (principalmente à TCCG). Maior quociente intelectual (QI) verbal se associou com melhor resposta à TCCG. Menor número de respostas perseverativas no CVLT se associou com melhor resposta à TCCG e pior resposta à medicação. Concluindo, neste estudo portadores de TOC apresentaram déficits na flexibilidade mental, habilidades sociais e funções motoras. Medidas neuropsicológicas como QI verbal, memória verbal e controle inibitório foram preditivas de resposta ao tratamento. Padrões específicos das habilidades verbais e perserveração se associaram de forma diferenciada á resposta a TCCG ou à fluoxetina. Assim, a avaliação neuropsicológica, pode auxiliar não só na indicação do melhor tratamento, mas também alertar o clínico para aqueles pacientes com maiores chances de não resposta ao tratamento de primeira escolha, nos quais medidas adicionais devem ser associadas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.03.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FM10700068044W4.DB8 SP.USP FM-1 D14ca 2010
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      D'ALCANTE, Carina Chaubet; MIGUEL FILHO, Euripedes Constantino. Características neuropsicológicas no transtorno obsessivo compulsivo e seu impacto na resposta ao tratamento. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-07042010-121058/ >.
    • APA

      D'Alcante, C. C., & Miguel Filho, E. C. (2010). Características neuropsicológicas no transtorno obsessivo compulsivo e seu impacto na resposta ao tratamento. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-07042010-121058/
    • NLM

      D'Alcante CC, Miguel Filho EC. Características neuropsicológicas no transtorno obsessivo compulsivo e seu impacto na resposta ao tratamento [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-07042010-121058/
    • Vancouver

      D'Alcante CC, Miguel Filho EC. Características neuropsicológicas no transtorno obsessivo compulsivo e seu impacto na resposta ao tratamento [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-07042010-121058/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: