Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Esteato-hepatite não alcoólica e esteatose em hepatite crônica pelo vírus C: prevalência e relações entre dados demográficos e clínico-laboratoriais com parâmetros histopatológicos (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: COSTA, MARCIA FERREIRA DA - FM
  • USP Schools: FM
  • Sigla do Departamento: MPT
  • Subjects: HEPATITE C (HISTOPATOLOGIA); DOENÇA CRÔNICA; VÍRUS DA HEPATITE C; FÍGADO GORDUROSO; FÍGADO (ANATOMIA;HISTOPATOLOGIA)
  • Language: Português
  • Abstract: A hepatite crônica pelo vírus C é a principal causa de doença hepática crônica progressiva e complicações relacionadas, como a cirrose hepática e o carcinoma hepatocelular. O estadiamento de fibrose e a graduação da atividade necroinflamatória são excelentes preditores de progressão da doença na hepatite crônica pelo vírus C (HCVC). A epidemia global de obesidade e diabetes mellitus é responsável pela crescente incidência da doença hepática gordurosa não alcoólica, caracterizada por achados histológicos que variam da esteatose pura até a esteato-hepatite não alcoólica (EHNA), com potencial risco de evolução para a cirrose hepática e suas complicações. Na HCVC, fatores virais e do hospedeiro podem contribuir para a associação com a doença hepática gordurosa não alcoólica. Não há consenso sobre a prevalência de esteatose e esteato-hepatite não alcoólica em pacientes com HCVC, com ampla variabilidade na dependência do genótipo viral, fatores metabólicos da população em estudo e variáveis histológicas utilizadas para a definição. Objetivos: a) Definir a prevalência de esteatose hepática e da esteato-hepatite não alcoólica em pacientes com hepatite crônica pelo vírus C; b) Avaliar a relação entre variáveis clínico-laboratoriais e diferentes graduações de parâmetros histopatológicos; c) Avaliar a influência da EHNA na progressão da fibrose; d) Determinar os fatores virais e do hospedeiro associados a diferentes grupos histológicos, assim definidos: hepatite crônica pelo vírus C (HCVC), hepatite crônica com esteatose (>5%), hepatite crônica associada à esteato-hepatite não alcoólica (esteatose + fibrose perissinusoidal); e) Determinar fatores virais e do hospedeiro associados aos grupos HCVC, HCVC com esteatose e HCVC com EHNA, considerando estadiamento maior de fibrose à biópsia inicial. Métodos: Em 81 pacientes com HCVC seguidos no ambulatório de hepatites crônicas,parâmetros clínico-laboratoriais foram relacionados ao estadiamento da fibrose em biópsias pareadas. Dentre os dados clínicos, a síndrome metabólica foi definida pelo critério do ATP III. À biópsia inicial, achados histopatológicos de HCVC e doença hepática gordurosa não alcoólica foram graduados como ausente/leve ou moderado/intenso. Posteriormente, excluindo os pacientes com o genótipo do VHC tipo 2, dados clínicos e laboratoriais e estágios de fibrose 0-1 ou 2-4 foram analisados em pacientes com hepatite crônica pelo vírus C divididos em três grupos: HCVC sem esteatose, HCVC com esteatose e HCVC com esteato-hepatite não alcoólica (EHNA), definida pela associação com balonização e fibrose perissinusoidal. Resultados: A idade avançada esteve associada a estágio maior de fibrose e atividade inflamatória portal e periportal; o escore de APRI AST / Platelets Relation Índex foi associado a estágios maiores de fibrose e maior atividade necroinflamatória. Na análise multivariada, o perfil lipídico da síndrome metabólica foi associado à fibrose perivenular enquanto a glicemia elevada esteve associada ao hialino de Mallory-Denk. Esteatose isolada esteve presente em 35 (43.2%) e associada a EHNA em 21 (25.9%) dos pacientes. O genótipo 3 do vírus da hepatite C foi mais prevalente nos pacientes com HCVC com esteatose ou EHNA, porém evolução para estágios maiores de fibrose associou-se ao genótipo viral 1 (p= 0.000). A presença de HCVC + EHNA esteve associada com fibrose 2 em pacientes com menos de 45 anos, independentemente do sexo. Sobrepeso ou obesidade também estiveram associados à fibrose intensa (p< 0.05). Em biópsias pareadas, o perfil lipídico de síndrome metabólica foi o único parâmetro associado com progressão da fibrose (p= 0.012). Conclusão: a) A associação de esteatose e esteato-hepatite não alcoólica é elevada em pacientes com HCVC, sendo mais frequente nogenótipo viral 3; b) Fatores metabólicos, como o sobrepeso ou obesidade e a presença do perfil lipídico da síndrome metabólica, estiveram associados à esteatose e EHNA em pacientes com HCVC; c) A associação de NASH com hepatite crônica pelo vírus C pode modificar a evolução da doença e demandar atenção cuidadosa desses pacientes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.03.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FM10700068032W4.DB8 SP.USP FM-2 C874es 2010
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      COSTA, Marcia Ferreira da; STRAUSS, Edna. Esteato-hepatite não alcoólica e esteatose em hepatite crônica pelo vírus C: prevalência e relações entre dados demográficos e clínico-laboratoriais com parâmetros histopatológicos. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5144/tde-19042010-105319/ >.
    • APA

      Costa, M. F. da, & Strauss, E. (2010). Esteato-hepatite não alcoólica e esteatose em hepatite crônica pelo vírus C: prevalência e relações entre dados demográficos e clínico-laboratoriais com parâmetros histopatológicos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5144/tde-19042010-105319/
    • NLM

      Costa MF da, Strauss E. Esteato-hepatite não alcoólica e esteatose em hepatite crônica pelo vírus C: prevalência e relações entre dados demográficos e clínico-laboratoriais com parâmetros histopatológicos [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5144/tde-19042010-105319/
    • Vancouver

      Costa MF da, Strauss E. Esteato-hepatite não alcoólica e esteatose em hepatite crônica pelo vírus C: prevalência e relações entre dados demográficos e clínico-laboratoriais com parâmetros histopatológicos [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5144/tde-19042010-105319/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: