Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A estrutura do espaço visual e a percepção de colinearidade no campo aberto: análise de procedimentos, teste de modelos e aspectos cognitivos. (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTILLAN, JAVIER ENRIQUE - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: PERCEPÇÃO VISUAL; PERCEPÇÃO ESPACIAL; PSICOBIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: O propósito do presente trabalho foi investigar, a partir de uma configuração espacial de estímulos colineares no campo aberto, a acurácia e estabilidade dos ajustes e estimativas de distancia. Para isso foram analisados os aspectos referidos ao emprego de uma tarefa de ajuste de colinearidade e os dados confrontados com o fenômeno perceptual de anisotropia do espaço percebido. Adicionalmente, os resultados foram ajustados a partir de diferentes modelos, avaliando suas implicações para a geometria do espaço visual. Ainda, foram considerados os aspectos cognitivos vinculados a este tipo de tarefa quando empregadas no campo aberto, especialmente, em relação à visualização mental e a correção cognitiva. Participaram do estudo, como voluntários nos diferentes experimentos, 96 observadores, com idade média de 26 anos para mulheres e 28 anos para os homens. Na roleta de dados experimentais foram utilizados recursos técnicos implícitos - apontamento exocêntrico e, também, recursos diretos-estimativa verbal de distancia em campo aberto. Os resultados revelaram que os observadores apresentaram um bom desempenho na tarefa de colinearidade, com erros variando sistematicamente em função da distancia egocêntrica do alvo. Os alinhamentos de colinearidade foram similares aos encontrados na literatura e não apresentaram variações quando agregado mais um alvo marcando o centro da configuração espacial de estímulos. Os julgamentos de distância egocêntrica e exocêntrica foramajustados usando diferentes modelos teóricos (linear, função de potência, Generalizado, Tangle). O melhor ajuste foi obtido pelo Tangle, o modelo não linear de Foley, Ribeiro-Filho e Da Silva (2004) (RMSE=0,29m para distância egocêntrica e 0,31m para distância exocêntrica). Neste modelo ficou evidenciado que a desigualdade do triângulo foi cumprida para ângulos que variavam desde 67 até 101 graus, enquanto ) a soma dos segmentos das linhas de colinearidade não igualou o valor da distancia entre seus pontos extremos. A anisotropia do espaço visual encontrada, nos experimentas, foi coerente com a reportada na literatura, aparecendo como um fenômeno difícil de ser representado geometricamente. As evidências apresentadas nesta tese, apontam à relevância dos processos cognitivos no momento de realizar tarefas espaciais como: o ajuste de colinearidade, a visualização mental ou a estimação de distancia, tendo um aumento das correções cognitivas se incrementada a complexidade do ambiente visual. Foram encontradas diferenças nos julgamentos segundo o sexo dos observadores, com variações dependentes das tarefas consideradas. Sumariando, o trabalho experimental apresentado permitiu agregar informações para área temática desta pesquisa, contribuindo com uma análise ampliada sobre procedimentos baseados no ajuste de colinearidade, à aplicação do modelo de Foley, Ribeiro-Filho e Da Silva (2004) em estimativas baseadas neste tipo de tarefas no campo aberto, e sobre os aspectoscognitivos intervenientes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.02.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCLRP20800031595Santillán, Javier Enrique
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTILLÁN, Javier Enrique; DA SILVA, José Aparecido. A estrutura do espaço visual e a percepção de colinearidade no campo aberto: análise de procedimentos, teste de modelos e aspectos cognitivos.. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-03052010-132407/?&lang=pt-br >.
    • APA

      Santillán, J. E., & Da Silva, J. A. (2010). A estrutura do espaço visual e a percepção de colinearidade no campo aberto: análise de procedimentos, teste de modelos e aspectos cognitivos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-03052010-132407/?&lang=pt-br
    • NLM

      Santillán JE, Da Silva JA. A estrutura do espaço visual e a percepção de colinearidade no campo aberto: análise de procedimentos, teste de modelos e aspectos cognitivos. [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-03052010-132407/?&lang=pt-br
    • Vancouver

      Santillán JE, Da Silva JA. A estrutura do espaço visual e a percepção de colinearidade no campo aberto: análise de procedimentos, teste de modelos e aspectos cognitivos. [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-03052010-132407/?&lang=pt-br

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: