Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise topo e microclimática tridimensional em uma microbacia hidrográfica de clima tropical úmido de altitude (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ARMANI, GUSTAVO - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLG
  • Subjects: MICROCLIMATOLOGIA (ANÁLISE); BACIA HIDROGRÁFICA; CLIMATOLOGIA TROPICAL; UMIDADE ATMOSFÉRICA
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste trabalho é avaliar a variação da temperatura e umidade do ar em função: a) das diferentes exposições e declividades de vertentes; b) das diferenças entre a vegetação e o perfil hídrico do solo no espaço tridimensional (vertical e horizontal) da bacia B do núcleo Cunha do Parque Estadual da Serra do Mar, Estado de São Paulo. O estudo foi realizado com base no conceito de ritmo apoiado pelo trabalho de campo buscando relações consistentes entre atributos e controles climáticos. Foi realizado o monitoramento de temperatura e umidade do ar com freqüência de amostragem de 15 minutos durante o inverno de 2008 ao outono de 2009. Os dados registrados foram analisados e relacionados aos controles climáticos de superfície e com os sistemas atmosféricos atuantes para três níveis isobáricos: superfície, 500 hPa e 250 hPa. Dos cruzamentos entre os vários produtos obtiveram-se diversos mapas e diagramas espaço-tempo que representam a estrutura espacial e vertical dos atributos climáticos. Os resultados apontam para a importância do relevo nos ritmos climáticos, relacionados aos processos que são derivados, com as vertentes SW mais frias e úmidas e com ritmos mais lentos em relação às vertentes NE. Os vales apresentam as maiores amplitudes e ritmo mais rápido, enquanto os topos o oposto. Sobre o vale os nevoeiros são freqüentes, bem como a formação de orvalho e geada, enquanto os topos estão normalmente livres desses fenômenos. A comparação dos microclimas revelaram que o dossel mais aberto apresenta ritmos mais variáveis, regulados pela presença-ausência do Sol, enquanto que dentro da floresta o ritmo é mais harmônico, regulado pela biomassa e lentos fluxos de água no solo. Revelou ainda pela análise tridimensional que o perfil vertical dos atributos climáticos é determinado pelas características do dossel, pelo perfil hídrico do solo e da posição topográfica. Sobsituações de calor extremo a transpiração das árvores é importante para a manutenção da umidade dentro da floresta, dificultando também a elevação da temperatura nestes ambientes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.12.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH20900047423T ARMANI, GUSTAVO 2009 v.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ARMANI, Gustavo; GALVANI, Emerson. Análise topo e microclimática tridimensional em uma microbacia hidrográfica de clima tropical úmido de altitude. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-02022010-145510/ >.
    • APA

      Armani, G., & Galvani, E. (2009). Análise topo e microclimática tridimensional em uma microbacia hidrográfica de clima tropical úmido de altitude. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-02022010-145510/
    • NLM

      Armani G, Galvani E. Análise topo e microclimática tridimensional em uma microbacia hidrográfica de clima tropical úmido de altitude [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-02022010-145510/
    • Vancouver

      Armani G, Galvani E. Análise topo e microclimática tridimensional em uma microbacia hidrográfica de clima tropical úmido de altitude [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-02022010-145510/