Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Violência contra a mulher: uma proposta de indicadores de gênero na família (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: OKABE, IRENE - EE
  • USP Schools: EE
  • Subjects: FAMÍLIA; GÊNEROS (GRUPOS SOCIAIS); INDICADORES DE SAÚDE; VIOLÊNCIA
  • Language: Português
  • Abstract: Esta tese trata da relação entre desigualdade de gênero na família e a violência contra a mulher, com a finalidade de elaborar uma proposta de indicadores de gênero na família. Parte da constatação de que a violência doméstica não é um fenômeno recente e tem sido uma constante na sociedade, principalmente sobre os membros mais vulneráveis da família como mulheres, crianças e idosos. Especificamente contra a mulher, a violência persiste no tempo e se estende praticamente por todas as classes sociais, em diferentes culturas e sociedades. Daí a necessidade de conhecer em profundidade o fenômeno violência de gênero para enfrentá-lo com êxito, e os indicadores constituem um dos instrumentos viáveis para mensurar essa realidade. Para proceder à análise, este estudo apoia-se teoricamente no conceito de gênero de Joan Scott (1990) e toma como parâmetro os indicadores de (des)igualdade de gênero na família de Goldani (2000). Os sujeitos da pesquisa são 19 mulheres residentes em Curitiba-PR, com média de idade de 31 anos, portanto, mulheres em idade reprodutiva e em grande parte inseridas no mercado de trabalho, em sua maioria casada ou em união consensual estável, e distribuídas por todos os graus de escolaridade, desde o ensino fundamental até o nível superior. Selecionadas com base na Ficha de Notificação de violência contra a mulher, do Programa Mulher de Verdade, da Secretaria Municipal de Saúde-Curitiba, suas entrevistas resultaram, após a sistematização, em histórias de vida, conforme procedimento preconizado por Bourdieu (1997). Com o emprego da técnica de análise de Bardin (1977), das histórias de vida foram extraídas frases temáticas correspondentes a cada indicador e, com isso, foi possível construir os indicadores de subalternidade de gênero na família, proposta central deste estudo. Como uma das conclusões desta tese, aponta-se que a família, como unidade primáriade socialização, em que se produz e reproduz determinada desigualdade de relação de gênero, condiciona em muitos casos a violência contra a mulher e a vivência das (des)igualdades entre os sexos em outras esferas da vida social
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.04.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EE10200014795T3817
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OKABE, Irene; FONSECA, Rosa Maria Godoy Serpa da. Violência contra a mulher: uma proposta de indicadores de gênero na família. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-29042010-105520/ >.
    • APA

      Okabe, I., & Fonseca, R. M. G. S. da. (2010). Violência contra a mulher: uma proposta de indicadores de gênero na família. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-29042010-105520/
    • NLM

      Okabe I, Fonseca RMGS da. Violência contra a mulher: uma proposta de indicadores de gênero na família [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-29042010-105520/
    • Vancouver

      Okabe I, Fonseca RMGS da. Violência contra a mulher: uma proposta de indicadores de gênero na família [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-29042010-105520/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: