Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

The Pistoxenos Painter, revisão crítica da atribuição de John Davidson Beazley (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANCHES, PEDRO LUIS MACHADO - MAE
  • USP Schools: MAE
  • Subjects: CERÂMICA ÁTICA DE FIGURAS VERMELHAS; VASOS GREGOS DE FIGURAS VERMELHAS; ARQUEOLOGIA GREGA
  • Language: Português
  • Abstract: Desde a primeira publicação da alcunha Pistóxenos Painter (Pintor de Pistóxenos), designando o artista cujas mãos originaram pinturas de um conjunto de vasos áticos, passou-se a dispor de uma nova classificação para este material. Tal classificação ainda e tida como muito mais precisa que qualquer cronologia ou tipologia existente. Quase a totalidade dos pesquisadores de ceramologia e iconografia gregas entenderam que enquanto a denominação foi uma invenção moderna, o pintor anônimo por ela determinado foi uma descoberta. O autor desta e de centenas de outras atribuições, o helenista inglês John D. Beazley (1885-1970), foi indubitavelmente o mais importante perito ou connaisseur de que se tem registro, a julgar pela extensão enciclopédica de suas listas de pintores e pela aceitação quase universal dos resultados de seu método de atribuir. Críticas e revisões deste método (surgente no século XIX, com os estudos do medico e perito Giovanni Morelli) são datadas já das primeiras décadas do século XX e tiveram uma historia descontinua e desprestigiada. Uma analise recorrente do revisionismo o atribui a falha de seus defensores e a ignorância das técnicas morellianas. Talvez a principal característica dos ataques dirigidos as atribuições de Beazley tenha sido a falta de importância atribuída ao reconhecimento de pintores vasculares. Seja pela proximidade com a arte do metal, seja pelo lugar que estes artistas ocupavam na sociedade ateniense, sobretudo entre ofim das guerras medicas e a ascensão política de Péricles. A presente tese se propõe a considerar o problema do método de atribuição a partir da obra de um só pintor, escolhido dentre aqueles que não foram diversas vezes reconsiderados e extensivamente justificados (a única monografia dedicada ao Pintor de Pistóxenos foi publicada nos anos 1950). A divergência estilística entre os fundos brancos e as figuras ) vermelhas do Pintor de Pistóxenos e a conservação fragmentaria da maioria de suas obras também colaboraram para a decisão de revisar esta serie de atribuições dentre tantas outras
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.04.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    MAE21600018657TESE-MAE
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANCHES, Pedro Luis Machado; SARIAN, Haiganuch. The Pistoxenos Painter, revisão crítica da atribuição de John Davidson Beazley. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/71/71131/tde-12052010-104217/ >.
    • APA

      Sanches, P. L. M., & Sarian, H. (2010). The Pistoxenos Painter, revisão crítica da atribuição de John Davidson Beazley. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/71/71131/tde-12052010-104217/
    • NLM

      Sanches PLM, Sarian H. The Pistoxenos Painter, revisão crítica da atribuição de John Davidson Beazley [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/71/71131/tde-12052010-104217/
    • Vancouver

      Sanches PLM, Sarian H. The Pistoxenos Painter, revisão crítica da atribuição de John Davidson Beazley [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/71/71131/tde-12052010-104217/