Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Restauração: diálogos entre teoria e prática no Brasil nas experiências do IPHAN (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CUNHA, CLÁUDIA DOS REIS E - FAU
  • USP Schools: FAU
  • Subjects: BENS CULTURAIS (CONSERVAÇÃO;RESTAURAÇÃO;TEORIA); PATRIMÔNIO ARQUITETÔNICO (CONSERVAÇÃO;RESTAURAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: Esta pesquisa tem por objetivo central aprofundar o debate a respeito das questões teóricas que deveriam guiar as ações práticas de intervenção que visam à preservação dos bens culturais no Brasil. Não se trata de discutir as formulações teóricas com finalidade em si mesmas, mas de refletir sobre a necessidade de um efetivo intercâmbio entre teoria e prática para que a preservação seja um fato concreto, tanto no que se refere a edificações isoladas quanto a conjuntos urbanos. Com esta finalidade, analisa a atuação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) ao longo de seus mais de setenta anos de trajetória, servindo-se de algumas intervenções em bens culturais que exemplificam as formas de aplicação (ou não) dos preceitos teóricos na prática preservacionista brasileira – a qual exige restaurações fundamentadas para preservar os bens como documentos fidedignos que sirvam como efetivos suportes materiais da memória coletiva. No Brasil, após uma releitura crítica das intervenções feitas durante a chamada "fase heróica" do SPHAN, novos parâmetros são propostos no âmbito das práticas de preservação, principalmente no tocante ao que se entende por patrimônio, aos critérios de seleção para os tombamentos e à descentralização da tutela dos bens culturais; a memória e suas diferentes formas de manifestação e seus múltiplos suportes também são incorporados ao discurso preservacionista local. (continua)(continuação) A par dessas novas discussões, verificam-se referências recorrentes a textos teóricos da restauração – tais como a Carta de Veneza ou a Teoria da Restauração de Cesare Brandi –, as quais, entretanto, denotam um conhecimento superficial, quando não equivocado, dos princípios estabelecidos naqueles escritos, permanecendo como regra nas intervenções o empirismo ou a negligência. Diante de tal quadro, a hipótese proposta para construção desta Tese é a da aplicabilidade das formulações teóricas da restauração à realidade brasileira atual, demonstrando os severos prejuízos a uma verdadeira ação preservacionista acarretados pela cisão entre teoria e prática no âmbito da restauração.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.04.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FAUPG20300014700043:72.025.3 C972r
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CUNHA, Claudia dos Reis e; KUHL, Beatriz Mugayar. Restauração: diálogos entre teoria e prática no Brasil nas experiências do IPHAN. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16133/tde-26052010-090302/ >.
    • APA

      Cunha, C. dos R. e, & Kuhl, B. M. (2010). Restauração: diálogos entre teoria e prática no Brasil nas experiências do IPHAN. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16133/tde-26052010-090302/
    • NLM

      Cunha C dos R e, Kuhl BM. Restauração: diálogos entre teoria e prática no Brasil nas experiências do IPHAN [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16133/tde-26052010-090302/
    • Vancouver

      Cunha C dos R e, Kuhl BM. Restauração: diálogos entre teoria e prática no Brasil nas experiências do IPHAN [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16133/tde-26052010-090302/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: