Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Metrics


Metrics:

Efeito da massagem clássica na percepção subjetiva de dor, edema, amplitude articular e força máxima após dor muscular tardia induzida pelo exercício (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: UGRINOWITSCH, CARLOS - EEFE ; TRICOLI, VALMOR ALBERTO AUGUSTO - EEFE
  • USP Schools: EEFE; EEFE
  • DOI: 10.1590/s1517-86922010000100007
  • Subjects: TREINAMENTO DE FORÇA; MASSAGEM; DOR; EXERCÍCIO FÍSICO
  • Language: Português
  • Abstract: O treino de força com cargas elevadas tem induzido indivíduos a apresentarem sintomas de dano muscular que incluem a dor muscular tardia. Na tentativa de diminuir sintomas e desconforto da DOMS, estratégias têm sido utilizadas, entre elas, a massagem. O objetivo do presente estudo foi verificar os efeitos da massagem clássica na percepção subjetiva de dor (DOMS), circunferência do braço (CIR), amplitude de movimento (ADM) e força máxima (1RM) após protocolo para indução de DOMS. Para isso, 18 adultos jovens saudáveis do gênero masculino foram divididos em três grupos (G1 = massagem; G2 = protocolo; G3 = protocolo + massagem) equalizados pelo teste de uma força máxima de flexão de cotovelo no banco Scott. O protocolo de indução de DOMS consistiu de 30 ações excêntricas musculares supramáximas (seis séries de cinco repetições a 110% de 1RM). A massagem foi realizada no grupo G3 imediatamente após o protocolo durante seis minutos. As variáveis dependentes (DOMS, CIR, ADM) foram avaliadas 24, 48, 72 e 96 horas após o protocolo, enquanto a força máxima, apenas após 48 e 96 horas. Os resultados indicaram aumento na DOMS e diminuição na ADM e 1RM, similar aos de outros estudos que utilizaram protocolos semelhantes. No entanto, não houve diferenças entre os grupos G2 e G3 em nenhuma das variáveis analisadas. Pode-se concluir que com esse design experimental o protocolo utilizado foi eficaz para provocar as alterações nas variáveis analisadas e a massagem não causou nenhumbenefício na recuperação das funções musculares nem na percepção subjetiva de dor
  • Imprenta:
  • Source:
  • Acesso online ao documento

    DOI or search this record in
    Informações sobre o DOI: 10.1590/s1517-86922010000100007 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: hybrid
    • Licença: cc-by-nc
    Informações sobre o Citescore
  • Título: Revista Brasileira de Medicina do Esporte

    ISSN: 1517-8692

    Citescore - 2017: 0.34

    SJR - 2017: 0.185

    SNIP - 2017: 0.293


  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EEFE1826232-10PRO 2010 004
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ABAD, Cesár Cavinato Cal; ITO LEONARDO TAKAMITSU,; BARROSO, Renato; UGRINOWITSCH, Carlos; TRICOLI, Valmor Alberto Augusto. Efeito da massagem clássica na percepção subjetiva de dor, edema, amplitude articular e força máxima após dor muscular tardia induzida pelo exercício. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, Niteroi, v. jan./fe 2010, n. 1, p. 36-40, 2010. DOI: 10.1590/s1517-86922010000100007.
    • APA

      Abad, C. C. C., Ito Leonardo Takamitsu,, Barroso, R., Ugrinowitsch, C., & Tricoli, V. A. A. (2010). Efeito da massagem clássica na percepção subjetiva de dor, edema, amplitude articular e força máxima após dor muscular tardia induzida pelo exercício. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, jan./fe 2010( 1), 36-40. doi:10.1590/s1517-86922010000100007
    • NLM

      Abad CCC, Ito Leonardo Takamitsu, Barroso R, Ugrinowitsch C, Tricoli VAA. Efeito da massagem clássica na percepção subjetiva de dor, edema, amplitude articular e força máxima após dor muscular tardia induzida pelo exercício. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. 2010 ; jan./fe 2010( 1): 36-40.
    • Vancouver

      Abad CCC, Ito Leonardo Takamitsu, Barroso R, Ugrinowitsch C, Tricoli VAA. Efeito da massagem clássica na percepção subjetiva de dor, edema, amplitude articular e força máxima após dor muscular tardia induzida pelo exercício. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. 2010 ; jan./fe 2010( 1): 36-40.

    Referências citadas na obra
    Autor: McHugh MP.
    Título: Recent advances in the understanding of the repeated bout effect: the protective effect against muscle damage from a single bout of eccentric exercise
    Título do periódico: Scand J Med Sci Sports
    Volume: 13
    Primeira página: 88
    Ano: 2003
    DOI: 10.1034/j.1600-0838.2003.02477.x
    Autor: Zainuddin Z
    Título: Effects of massage on delayed-onset muscle soreness, swelling, and recovery of muscle function
    Título do periódico: J Athl Train
    Volume: 40
    Primeira página: 174
    Ano: 2005
    Autor: Friden J
    Título: Structural and mechanical basis of exercise induced muscle injury
    Título do periódico: Med Sci Sports Exerc
    Volume: 24
    Primeira página: 521
    Ano: 1992
    DOI: 10.1249/00005768-199205000-00005
    Autor: Gibala MJ
    Título: Changes in human skeletal muscle ultrastruture and force production after acute resistance exercise
    Título do periódico: J Appl Physiol
    Volume: 78
    Primeira página: 702
    Ano: 1995
    Autor: Armstrong RB
    Título: Mechanisms of exercise-induced muscle fibre injury
    Título do periódico: Sports Med
    Volume: 12
    Primeira página: 184
    Ano: 1991
    DOI: 10.2165/00007256-199112030-00004
    Autor: Clarkson PM
    Título: Exercise-induced muscle damage in humans
    Título do periódico: Am J Phys Med Rehabil
    Volume: 81
    Primeira página: S52
    Ano: 2002
    DOI: 10.1097/00002060-200211001-00007
    Autor: Cheung K
    Título: Delayed onset muscle soreness: treatment strategies and performance factors
    Título do periódico: Sports Med
    Volume: 33
    Primeira página: 145
    Ano: 2003
    DOI: 10.2165/00007256-200333020-00005
    Autor: Barnett A.
    Título: Using recovery modalities between training sessions in elite athletes: does it help?
    Título do periódico: Sports Med
    Volume: 36
    Primeira página: 781
    Ano: 2006
    DOI: 10.2165/00007256-200636090-00005
    Autor: Howatson G
    Título: The prevention and treatment of exercise-induced muscle damage
    Título do periódico: Sports Med
    Volume: 38
    Primeira página: 483
    Ano: 2008
    DOI: 10.2165/00007256-200838060-00004
    Autor: Ernst E.
    Título: Does post-exercise massage treatment reduce delayed onset muscle soreness?: A systematic review
    Título do periódico: Br J Sports Med
    Volume: 32
    Primeira página: 212
    Ano: 1998
    DOI: 10.1136/bjsm.32.3.212
    Autor: Moraska A.
    Título: Sports massage. A comprehensive review
    Título do periódico: J Sports Med Phys Fitness
    Volume: 45
    Primeira página: 370
    Ano: 2005
    Autor: Evans RK
    Título: Effects of warm-up before eccentric exercise on indirect markers of muscle damage
    Título do periódico: Med Sci Sports Exerc
    Volume: 34
    Primeira página: 1892
    Ano: 2002
    DOI: 10.1097/00005768-200212000-00006
    Autor: Howatson G
    Título: Ice massage. Effects on exercise-induced muscle damage
    Título do periódico: J Sports Med Phys Fitness
    Volume: 43
    Primeira página: 500
    Ano: 2003
    Autor: Butterfield TA
    Título: Cyclic compressive loading facilitates recovery after eccentric exercise
    Título do periódico: Med Sci Sports Exerc
    Volume: 40
    Primeira página: 1289
    Ano: 2008
    DOI: 10.1249/MSS.0b013e31816c4e12
    Autor: Tiidus PM
    Título: Effleurage massage, muscle blood flow and long-term post-exercise strength recovery
    Título do periódico: Int J Sports Med
    Volume: 16
    Primeira página: 478
    Ano: 1995
    DOI: 10.1055/s-2007-973041
    Autor: Nosaka K
    Título: Delayed-onset muscle soreness does not reflect the magnitude of eccentric exercise-induced muscle damage
    Título do periódico: Scand J Med Sci Sports
    Primeira página: 12
    Ano: 2002