Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo do estresse oxidativo e aspectos histológicos testiculares em ratos com varicocele (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CASTRO, HELENA DE LIMA CHAVES - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: VARICELLOVIRUS; ESTRESSE OXIDATIVO; PATOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: A varicocele pode trazer sérias repercussões na espermatogênese e conseqüentemente na fertilidade. Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar o estresse oxidativo e os aspectos histológicos testiculares e ultra-estruturais em ratos após a indução de varicocele e após o seu tratamento com a ligadura da veia espermática interna. Materiais e métodos: Foram utilizados 49 ratos da raça Rattus norvegicus albinus, variedade Wistar, machos, com aproximadamente 45 dias de vida, os quais foram submetidos à indução de varicocele à esquerda por meio da estenose parcial da veia renal ipsilateral e seus testículos esquerdos foram estudados após seis semanas deste procedimento (grupos V=10, S=7 e C=7) e após seis semanas do tratamento cirúrgico da varicocele (FV=11, FS=8 e FC=6). O grupo V representa o grupo experimental, S o grupo sham e C o grupo controle. O grupo sham foi submetido apenas à laparotomia exploradora com inventário da cavidade abdominal. As biópsias testiculares foram destinadas à dosagem da concentração do malondialdeído (MDA) para avaliação do estresse oxidativo, ao estudo histológico e morfométrico e ao estudo ultraestrutural. Resultados: a concentração do MDA não diferiu nos diferentes grupos (P=0.9689). No grupo experimental V, foram observadas alterações histológicas marcantes como: tortuosidade tubular (60%), aumento do diâmetro da luz do túbulo seminífero ( 10%), diminuição do diâmetro da luz do túbulo seminífero (10%), aumento do espaço intertubular (60%), espessamento da membrana basal (30%), proeminência das células de Leydig (30%) e alteração da linhagem germinativa ( 10%). Em contrapartida, essas mesmas alterações tornaram-se menos significativas ou mesmo ausentes após a cirurgia corretiva da varicocele quando se observa o grupo FV, o qual apresentou apenas diminuição do diâmetro da luz do túbulo seminífero (10%) e fibroso (36%). No grupo S também foram observadas algumasalterações: aumento do espaço intertubular (14,3%), diminuição da luz tubular (25%) e 14,3% proeminência das células de Leydig (14,3%). Já no grupo FS apenas observou-se aumento do espaço intertubular (12,5%). Para os três parâmetros morfometricamente avaliados: espaço intertubular (EI), luz intratubular (LI) e espessura da membrana basal (MB), o grupo V sempre apresentou as maiores médias, as quais foram significativas (P<0.001, P< 0.0001 e P< 0.0001), respectivamente. Quando se comparou V aos outros grupos (S, C e FV) essa diferença também foi significativa (P< 0.05). O grupo S, para os parâmetros: EI e LI, quando comparado a C e FS, também diferiu significativamente (P< 0.05). Alterações ultra-estruturais como: defeito na morfologia celular, nas junções intercelulares e no compartimento adluminal testicular, estiveram presentes nos grupos V e FV, sendo menos intensas nesses últimos e não observadas nos grupos S, C, FS c FC. Conclusões: não se observou diferença na concentração do malondialdeído (MDA) nos diversos grupos estudados. Alterações histológicas expressivas ligadas à infertilidade estiveram presentes no grupo experimental com varicocele e regrediram em sua maioria, após a varicocelectomia; o que se confirmou com a avaliação morfométrica de alguns parâmetros. Alterações ultra-estruturais também relacionadas à infertilidade estiveram presentes tanto no grupo experimental com varicocele quanto no grupo submetido à varicocelectomia, sendo mais suaves nesses últimos. Palavras-chave: varicocele, ratos, estresse oxidativo, patologia
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.02.2010

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200055033Castro, Helena de Lima Chaves
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CASTRO, Helena de Lima Chaves; TUCCI JUNIOR, Silvio. Estudo do estresse oxidativo e aspectos histológicos testiculares em ratos com varicocele. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010.
    • APA

      Castro, H. de L. C., & Tucci Junior, S. (2010). Estudo do estresse oxidativo e aspectos histológicos testiculares em ratos com varicocele. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Castro H de LC, Tucci Junior S. Estudo do estresse oxidativo e aspectos histológicos testiculares em ratos com varicocele. 2010 ;
    • Vancouver

      Castro H de LC, Tucci Junior S. Estudo do estresse oxidativo e aspectos histológicos testiculares em ratos com varicocele. 2010 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: