Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Significados de ser branco - a brancura no corpo e para além dele (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ALVES, LUCIANA - FE
  • USP Schools: FE
  • Sigla do Departamento: EDA
  • Subjects: GRUPOS ÉTNICOS; BRANCOS (IDENTIFICAÇÃO); IDENTIDADE ÉTNICA
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho tem por objetivo investigar as concepções de professores da educação básica a respeito do que significa ser branco. Para sua efetivação foram analisados trabalhos teóricos sobre a questão racial, em especial aqueles dedicados ao estudo da branquitude, bem como realizei pesquisa empírica que englobou observação participante em curso sobre a temática racial destinado a docentes e entrevistas com professores de diferentes pertenças raciais. As análises evidenciaram que a condição de ser branco se relacionou a duas dimensões: uma corpórea, construída com base em características físicas que permitem a classificação de pessoas e grupos como brancos, e outra não material (simbólica). Esta última subdividiu-se em dois patamares: um idealizado, em que se verificavam associações arbitrárias entre ser branco e valores e outro relacionado às experiências vividas por pessoas brancas, fossem os docentes entrevistados, neste caso os autoclassificados brancos, fossem pessoas com as quais os docentes negros e brancos conviveram. O primeiro patamar foi denominado idealização branca e caracterizou-se pela construção do branco como grupo privilegiado e como ideal ético, estético, econômico e educacional a ser alcançado pelos sujeitos. O segundo patamar da brancura não só desmistificou a idealização branca por meio de descrições que sugeriam que as experiências de vida de pessoas brancas eram entrecortadas por eixos de subordinação diferentes do de raça, como a reforçou, já que certos relatos ratificaram alguns significados de ser branco, principalmente os relacionados à opressão racial e ao privilégio institucional concedido a brancos e citado por eles mesmos ou por docentes negros.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.04.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FE2050007357037.047 A474s
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALVES, Luciana; CARVALHO, Marilia Pinto de. Significados de ser branco - a brancura no corpo e para além dele. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-14062010-153851/ >.
    • APA

      Alves, L., & Carvalho, M. P. de. (2010). Significados de ser branco - a brancura no corpo e para além dele. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-14062010-153851/
    • NLM

      Alves L, Carvalho MP de. Significados de ser branco - a brancura no corpo e para além dele [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-14062010-153851/
    • Vancouver

      Alves L, Carvalho MP de. Significados de ser branco - a brancura no corpo e para além dele [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-14062010-153851/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: