Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Projeto e desenvolvimento de um auxiliar de ambulatório autotransferente para crianças com paralisia cerebral (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BOTEGA, RENAN - EESC
  • USP Schools: EESC
  • Sigla do Departamento: SEM
  • Subjects: PARALISIA CEREBRAL; REABILITAÇÃO; MEMBROS INFERIORES; CONFORMAÇÃO MECÂNICA; ADA (PROJETO;DESENVOLVIMENTO)
  • Language: Português
  • Abstract: As progressivas inovações tecnológicas na área de engenharia mecânica contribuem para a adoção de novos procedimentos terapêuticos para programas de reabilitação. Este trabalho trata do projeto e desenvolvimento de um auxiliar deambulatório para ser utilizado como uma forma de dar continuidade à reabilitação clínica de pessoas com dificuldade ou incapacidade na marcha independente. Nesse sentido, procurou-se desenvolver um deambulador incorporando novas abordagens ao seu projeto mecânico básico, tais como novos materiais, fabricação e conformação da estrutura mecânica, bem como possíveis controles de mobilidade articulares. Nesse contexto, a relação peso-volume foi cuidadosamente explorada de forma a tornar um auxiliar eficiente na marcha de crianças e adultos com paralisia cerebral. Os deambuladores convencionais hodiernos são fundamentalmente caracterizados pelo nível de segurança proporcionada aos usuários em movimento, todavia não oferecem condições para o treino do autoequilíbrio, o que os torna dependentes de ferramentas de auxílio para a realização correta da marcha. Portanto, é importante desenvolver um deambulador autotransferente que satisfaça as restrições de projeto, com volume e peso mínimos, e que seja essencial para a reabilitação de pacientes com paralisia cerebral, sem torná-los dependentes pela ausência do autoequilíbrio. Esse equipamento promove a autotransferência e o treinamento do autoequilíbrio do usuário seja ele adulto ou criança. Neste projeto, o deambulador foi denominado de Auxiliar Deambulatório Autotransferente - ADA devido à ação recíproca da marcha que transfere o torque muscular do tronco inferior para a mobilização dos membros inferiores. Assim, o ADA poderá fornecer situações sinestésicas nas quais o autoequilíbrio do paciente será estimulado a se manifestar. Com isso, o paciente poderá estarapto para adquirir ou recuperar o autoequilíbrio e a confiança para efetuar o treino da marcha
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.04.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EESC31100115517TESE 7521
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BOTEGA, Renan; PURQUERIO, Benedito de Moraes. Projeto e desenvolvimento de um auxiliar de ambulatório autotransferente para crianças com paralisia cerebral. 2010.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18146/tde-19072010-194807/ >.
    • APA

      Botega, R., & Purquerio, B. de M. (2010). Projeto e desenvolvimento de um auxiliar de ambulatório autotransferente para crianças com paralisia cerebral. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18146/tde-19072010-194807/
    • NLM

      Botega R, Purquerio B de M. Projeto e desenvolvimento de um auxiliar de ambulatório autotransferente para crianças com paralisia cerebral [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18146/tde-19072010-194807/
    • Vancouver

      Botega R, Purquerio B de M. Projeto e desenvolvimento de um auxiliar de ambulatório autotransferente para crianças com paralisia cerebral [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18146/tde-19072010-194807/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: