Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Utilização da dosimetria opticamente estimulada (OSL) na avaliação de parâmetros de qualidade de feixe em radioterapia Autor Giglioti, Roberta (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GIGLIOTI, ROBERTA - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 591
  • Subjects: RADIOTERAPIA (CONTROLE DE QUALIDADE); DOSIMETRIA
  • Language: Português
  • Abstract: O controle de qualidade do feixe é fundamental para garantir os requisitos mínimos de operação aos serviços de radioterapia, visto que a avaliação de parâmetros como simetria, planura, penumbra, fatores filtro e bandeja além de outros parâmetros dosimétricos é imprescindível para garantir constância aos tratamentos radioterápicos minimizando erros na entrega da dose. A avaliação destes parâmetros em radioterapia normalmente é realizada através de câmaras de ionização, filmes radiográficos ou detectores semicondutores sendo eles diodos e MOSFETs. Nos últimos anos o crescimento da utilização da dosimetria opticamente estimulada (OSL) na dosimetria individual externa em diversos países da Europa, USA e America latina como México e Peru proporcionou a aplicação de detectores OSL também na dosimetria em radioterapia visando à avaliação de parâmetros de feixe. A técnica de OSL une características técnicas encontradas em filmes e TLD, acrescidas de novas propriedades não possíveis nas tecnologias utilizadas anteriormente, por exemplo: possibilidade de re-leitura do dosímetro, integração de dose com avaliação de doses intermediárias entre exposições no mesmo dosímetro e simplicidade no processo de leitura. Recentemente a Landauer Inc lançou no mercado americano fitas dosimétricas de OSL para a análise do perfil de dose em Tomografia Computadorizada (TC). Neste trabalho foi avaliada a utilização deste detector OSL em forma de fita, na determinação de parâmetros de qualidade em radioterapia tais como simetria e planura, fatores filtro e bandeja, porcentagem e dose profunda (PDP) e penumbra. Os resultados obtidos permitem concluir que o detector estudado se apresenta eficaz na determinação dos parâmetros de qualidade, porém a metodologia de análise de dados bem como o setup utilizado na irradiação inicial devem ser reformulados buscando obter resultados maisprecisos de forma a validar a utilização deste método na rotina de trabalho em radioterapia
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.06.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCLRP20800031902Giglioti, Roberta
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GIGLIOTI, Roberta; GHILARDI NETTO, Thomaz. Utilização da dosimetria opticamente estimulada (OSL) na avaliação de parâmetros de qualidade de feixe em radioterapia Autor Giglioti, Roberta. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-13072010-105537/ >.
    • APA

      Giglioti, R., & Ghilardi Netto, T. (2010). Utilização da dosimetria opticamente estimulada (OSL) na avaliação de parâmetros de qualidade de feixe em radioterapia Autor Giglioti, Roberta. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-13072010-105537/
    • NLM

      Giglioti R, Ghilardi Netto T. Utilização da dosimetria opticamente estimulada (OSL) na avaliação de parâmetros de qualidade de feixe em radioterapia Autor Giglioti, Roberta [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-13072010-105537/
    • Vancouver

      Giglioti R, Ghilardi Netto T. Utilização da dosimetria opticamente estimulada (OSL) na avaliação de parâmetros de qualidade de feixe em radioterapia Autor Giglioti, Roberta [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-13072010-105537/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: