Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento e aplicação da RT-PCR em tempo real para o diagnóstico de infecções por flavivírus brasileiros, pelo alphavírus Mayaro e pelo orthobunyavírus Oropouche (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MAIA, FELIPE GONÇALVES MOTTA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: ARBOVÍRUS; MENINGOENCEFALITE; FLAVIVIRUS; DIAGNÓSTICO; REAÇÃO EM CADEIA POR POLIMERASE
  • Language: Português
  • Abstract: Os arbovirus são, predominantemente, zoonóticos, transmitidos por artrópodes (mosquitos e carrapatos) a humanos e outros vertebrados. Os flavivirus da dengue (DENV-1 a 4), o alphavirus Mayaro (MAYV) e o orthobunyavírus Oropouche (OROV), infectam dezenas de milhares de pessoas anualmente no Brasil, causando doenças com quadros clínicos muito semelhantes entre si. Assim sendo, o uso de um método de diagnóstico laboratorial que seja especifico, rápido e sensível, se faz essencial. Nesse sentido, padronizamos uma RT-PCR em tempo real de etapa única com SYBR Green 1, para a detecção dos flavivirus DENV-1 a 4, da febre amarela (YFV), vírus da encefalite de Saint Louis (SLEV) e vírus Rocio (ROCV), assim como para MAYV e OROV, os quais estão todos presentes no Brasil. A técnica permitiu o diagnóstico carreto da infecção por ROCV em dois pacientes com AIDS, com meningoencefalite, da cidade de Manaus, AM. Em ambos os casos ROCV foi isolado. A RT-PCR em tempo real também detectou SLEV em uma amostra de soro de um caso de doença febril aguda na cidade de Ribeirão Preto, SP. O sequenciamento nucleotidico confirmou ROCV e a linhagem V de SLEV. Estes resultados mostraram que: (i) ROCV re-emergiu no Brasil, a mais de 2.000 quilômetros do Vale do Ribeira, onde foi isolado pela primeira vez há 30 anos, e, ainda, poderia estar agindo como um agente oportunista em imunodebilitados; (ii) a linhagem V SLEV está circulando no Brasil, provavelmente com transmissão urbana e causando uma doença febril aguda que pode ser confundida com dengue. Este trabalho levou ao desenvolvimento / padronização de uma metodologia moderna de RT-PCR para a detecção de arbovirus de importância em saúde pública no Brasil, cuja utilidade foi evidenciada pelo diagnóstico adequado de infecções por ROCV e SLEV
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.06.2010

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200055134Maia, Felipe Gonçalves Motta
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MAIA, Felipe Gonçalves Motta; FIGUEIREDO, Luiz Tadeu Moraes. Desenvolvimento e aplicação da RT-PCR em tempo real para o diagnóstico de infecções por flavivírus brasileiros, pelo alphavírus Mayaro e pelo orthobunyavírus Oropouche. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010.
    • APA

      Maia, F. G. M., & Figueiredo, L. T. M. (2010). Desenvolvimento e aplicação da RT-PCR em tempo real para o diagnóstico de infecções por flavivírus brasileiros, pelo alphavírus Mayaro e pelo orthobunyavírus Oropouche. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Maia FGM, Figueiredo LTM. Desenvolvimento e aplicação da RT-PCR em tempo real para o diagnóstico de infecções por flavivírus brasileiros, pelo alphavírus Mayaro e pelo orthobunyavírus Oropouche. 2010 ;
    • Vancouver

      Maia FGM, Figueiredo LTM. Desenvolvimento e aplicação da RT-PCR em tempo real para o diagnóstico de infecções por flavivírus brasileiros, pelo alphavírus Mayaro e pelo orthobunyavírus Oropouche. 2010 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: