Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Minimização de impactos nos recursos hídricos causados por sistemas de saneamento in situ: estudo piloto em Parelheiros - São Paulo (SP) (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SUHOGUSOFF, ALEXANDRA VIEIRA - IGC
  • USP Schools: IGC
  • Subjects: RECURSOS HÍDRICOS; RISCO AMBIENTAL; FOSSAS SÉPTICAS; SANEAMENTO AMBIENTAL
  • Language: Português
  • Abstract: O escopo principal desse projeto foi o de criar um conjunto de ações integradas que permitissem minimizar os impactos de sistemas de saneamento in situ nos recursos hídricos subterrâneo. Sendo as fossas sépticas, mesmo as bem construídas, pouco efetivas onde há alta densidade populacional, foi desenvolvido e aplicado no loteamento Jardim Santo Antônio (situado na APA de Capivari-Monos, Parelheiros) um novo conceito de saneamento in situ: uma fossa alternativa melhorada com uso de barreiras reativas, que possibilitasse a degradação mais eficiente de nitrato e de microorganismos patogênicos. Para a degradação de microorganismos, o material reativo utilizado correspondeu ao BOF (Basic Oxygen Furnace – resíduo de altos fornos de fundição em siderúrgicas) e para a desnitrificação, a serragem. A barreira reativa para remoção de nitrato foi alvo de estudos desse projeto. Desenvolveu-se um questionário de avaliação de risco sanitário para uma área onde foram cadastrados 178 lotes, em um total de 218 poços e 182 fossas. A partir da análise dos dados por Cluster foi possível selecionar um conjunto de perguntas que estivessem mais relacionadas a riscos de contaminação por bactérias e nitrato. Observou-se que a relação entre as características de construção e operação dos poços pouco pode prever a contaminação por nitrato, o que evidencia que sua presença é de caráter regional, fruto de uma ocupação desordenada e densa. Em contrapartida, as perguntas tiveram maior relação com o parâmetro bactérias, o que implica em uma característica local (do poço em si). Antes da implantação da fossa alternativa melhorada, foram realizados experimentos de colunas de sedimentos em laboratório para se testar a eficiência de serragem na degradação de nitrato. Montaram-se 3 colunas: uma só com sedimentos da área, que correspondeu ao branco, e as outras duas comsedimentos e 10cm e 20cm de espessura de uma mistura de serragem (Cedrinho) com areia, respectivamente. Os resultados mostraram uma eficiência de degradação do nitrato de até 96,5% e 99,7% para as colunas de 10cm e 20cm. Foram instaladas duas fossas na área de estudo: a fossa alternativa melhorada com o uso de barreiras reativas (FA) e a fossa controle (FC), equivalente ao esgotamento usualmente empregado pela comunidade (ausência de materiais reativos). Na Fossa Alternativa, estruturada com as barreiras reativas contendo BOF (1m abaixo do tanque receptor do efluente) e serragem (abaixo do BOF, mas separada deste por 1m de pacote arenoso), é possível discriminar certos comportamentos ao longo de suas posições. O BOF que é rico em óxidos de cálcio e ferro confere ao efluente percolante uma condutividade elétrica mais acentuada e um pH muito básico, em torno de 12. Já a barreira com serragem caracterizou-se por concentrações de oxigênio dissolvido mais baixas e presença de C orgânico na forma dissolvida, condições necessárias para a ocorrência da desnitrificação do nitrato gerado perfil acima. No entanto, as concentrações de oxigênio não devem ter sido suficientemente baixas para uma maior eficiência na desnitrificação na barreira de serragem. Além disso, a eficiência pode ter sido comprometida pelo elevado pH que essa barreira foi submetida pelo efluente percolado antes no BOF, o que afetou a capacidade das bactérias desnitrificantes em suas reações metabólicas. Na Fossa Controle, os íons distribuíram-se ao longo do perfil de forma mais regular. A composição dessa fossa representa a fonte em si, com altas concentrações de N-amoniacal e de carbono orgânico dissolvido e baixas concentrações de oxigênio dissolvido. Para esse tipo de cenário, a nitrificação deve ocorrer na zona não-saturada abaixo da fossa, para que depois o nitrato possa alcançar o lençol freático
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.06.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IGC30900027543T S947 AV.m e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SUHOGUSOFF, Alexandra Vieira; HIRATA, Ricardo. Minimização de impactos nos recursos hídricos causados por sistemas de saneamento in situ: estudo piloto em Parelheiros - São Paulo (SP). 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44138/tde-08012011-000124/?&lang=pt-br >.
    • APA

      Suhogusoff, A. V., & Hirata, R. (2010). Minimização de impactos nos recursos hídricos causados por sistemas de saneamento in situ: estudo piloto em Parelheiros - São Paulo (SP). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44138/tde-08012011-000124/?&lang=pt-br
    • NLM

      Suhogusoff AV, Hirata R. Minimização de impactos nos recursos hídricos causados por sistemas de saneamento in situ: estudo piloto em Parelheiros - São Paulo (SP) [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44138/tde-08012011-000124/?&lang=pt-br
    • Vancouver

      Suhogusoff AV, Hirata R. Minimização de impactos nos recursos hídricos causados por sistemas de saneamento in situ: estudo piloto em Parelheiros - São Paulo (SP) [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44138/tde-08012011-000124/?&lang=pt-br