Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Periodontite e aterosclerose: a busca de evidências (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SARAIVA, ADRIANA PAIVA CAMARGO - EERP
  • USP Schools: EERP
  • Sigla do Departamento: ERG
  • Subjects: PERIODONTITE; INFLAMAÇÃO; ENDOTÉLIO
  • Language: Português
  • Abstract: As doenças cardiovasculares (DCV) de origem aterosclerótica estão entre as principais causas de morbimortalidade cardiovascular. A periodontite, por meio de bacteremia e endotoxemia, tem sido apontada como possível fator de risco para início e progressão da aterosclerose. A proposta desta revisão foi buscar, reunir e analisar evidências científicas atuais de nível I e II sobre a associação entre periodontite e aterosclerose em seres humanos. As bases de dados consultadas foram: Medline (Medical Literature Analysis and Retrieval System), registro Cochrane de ensaios controlados (Cochrane Central Register of Controlled Trials - Central) e registro Cochrane de revisões sistemáticas (Cochrane Databasis of Systematic Reviews - CDSR). Foram identificados 532 estudos, sendo 22 elegíveis, dos quais nove atenderam aos critérios de inclusão. A amostra foi composta por 100% de ensaios clínicos randomizados controlados (ECRC). Oito estudos (89%) avaliaram o efeito do tratamento periodontal quanto aos parâmetros clínicos periodontais e marcadores relacionados à fisiopatologia da aterosclerose, em três destes (37,5%) o efeito do tratamento periodontal foi testado com antibioticoterapia e um (11%) avaliou o efeito somente da antibioticoterapia. Sete (78%) avaliaram níveis séricos de proteína C-reativa (PCR) antes e após o tratamento periodontal, em quatro (57%) houve redução deste marcador nas avaliações posteriores a seis semanas. Cinco (55,5%) avaliaram níveis séricos de interleucina-6 (IL-6), dos quais três (60%) relataram redução após mais de um mês do tratamento periodontal. Fatores lipídicos foram avaliados em três estudos (33%) e todos relataram melhoria significativa após tratamento periodontal. Evidências científicas de nível II apontam que a periodontite parece provocar alterações nos marcadores sistêmicos relacionados à fisiopatologia da aterosclerose podendo o tratamentoperiodontal ser benéfico para controlar marcadores séricos de risco para aterosclerose, com resultados significativos em casos mais severos de periodontite e para os marcadores lipídicos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.04.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EERP10400020896Saraiva, Adriana Paiva Camargo
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SARAIVA, Adriana Paiva Camargo; VEIGA, Eugenia Velludo. Periodontite e aterosclerose: a busca de evidências. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-26042010-102150/ >.
    • APA

      Saraiva, A. P. C., & Veiga, E. V. (2010). Periodontite e aterosclerose: a busca de evidências. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-26042010-102150/
    • NLM

      Saraiva APC, Veiga EV. Periodontite e aterosclerose: a busca de evidências [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-26042010-102150/
    • Vancouver

      Saraiva APC, Veiga EV. Periodontite e aterosclerose: a busca de evidências [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-26042010-102150/