Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Desempenho de crianças com transtorno fonológico no Test of Language Development Primary 3 adaptado para o Português Brasileiro (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BROGGIO, FRANCINE TOVO ORTIGOSO - FM
  • USP Schools: FM
  • Subjects: DIAGNÓSTICO; LINGUAGEM INFANTIL; CRIANÇAS; PSICOMETRIA
  • Language: Português
  • Abstract: A heterogeneidade do Transtorno Fonológico tem suscitado muitas discussões e despertado a atenção dos pesquisadores quanto a importância de se descrever detalhadamente as características fonológicas dos sujeitos que o apresentam. Instrumentos específicos que contribuem para o diagnóstico diferencial desse Transtorno de outras alterações de linguagem possibilitam maior precisão na sua identificação. O presente estudo teve como objetivo descrever o desempenho de crianças com Transtorno Fonológico no Test of Language Development Primary 3 adaptado para o Português Brasileiro. Participaram da pesquisa 91 sujeitos, de ambos os gêneros, com idades variando de 4:0 a 8:10 anos, sendo 76 crianças com desenvolvimento típico de fala e linguagem (grupo controle) e 15 crianças com Transtorno Fonológico (grupo pesquisa). Foram aplicados os subtestes do Test of Language Development Primary 3 adaptado em todos os sujeitos, e analisados os escores padrão dos subtestes e os quocientes dos índices compostos. Também foram analisadas as correlações entre os índices Percentage of Consonants Correct - Revised do ABFW e o Percentage of Consonants Correct - Revised do Test of Language Development Primary 3 adaptado, e, entre cada um desses índices e os escores padrão dos subtestes e os quocientes do teste. Foi ainda analisada a associação entre histórico de otite, audiometria e o Percentage of Consonants Correct - Revised do Test of Language Development Primary 3 adaptado nas crianças com Transtorno Fonológico. Os sujeitos do grupo pesquisa apresentaram desempenho semelhante ao grupo controle nos subtestes de Semântica, porém o desempenho daquele grupo foi inferior, quando comparado ao grupo controle, nos subtestes de Sintaxe e de Fonologia. (Continua)(Continuação) Quanto aos subtestes verificou-se que seis deles discriminaram os dois grupos, para os quais foram determinados valores de corte. Apenas o subteste Articulação de Palavra teve contribuição adicional significativa na discriminação dos dois grupos, permitindo classificar o indivíduo em um deles. No grupo pesquisa foi verificado um desempenho inferior ao grupo controle, em todos quocientes; também foram observadas diferenças significativas entre os grupos em todos quocientes, exceto no Quociente Compreensão. Foi verificada correlação positiva apenas entre dois subtestes de Fonologia e o Percentage of Consonants Correct - Revised do ABFW e o Percentage of Consonants Correct - Revised do Test of Language Development Primary 3 adaptado, porém não houve correlação entre os quocientes e os índices. Não se verificou associação entre o Percentage of Consonants Correct - Revised do Test of Language Development Primary 3 adaptado, o histórico de otite e os resultados da audiometria no grupo pesquisa; todos os sujeitos desse grupo apresentaram resultados dentro dos padrões de normalidade na audiometria. Os dados desse estudo mostraram que as crianças do grupo pesquisa não apresentam dificuldades em tarefas de vocabulário, contudo, além das dificuldades fonológicas, foram observadas alterações das habilidades sintáticas dessas crianças. Possivelmente essa alteração no domínio sintático seja decorrente de alterações na representação fonológica presentes nesse transtorno. O Test of Language Development Primary 3 adaptado mostrou-se um instrumento eficaz na diferenciação de crianças com e sem Transtorno e poderá ser usado como prova complementar no diagnóstico do Transtorno Fonológico dificuldades fonológicas, foram observadas alterações das habilidades sintáticas dessas crianças. Possivelmente essa alteração no domínio sintático seja decorrente (Continua)(Continualção) de alterações na representação fonológica presentes nesse transtorno. O Test of Language Development Primary 3 adaptado mostrou-se um instrumento eficaz na diferenciação de crianças com e sem Transtorno e poderá ser usado como prova complementar no diagnóstico do Transtorno Fonológico dificuldades fonológicas, foram observadas alterações das habilidades sintáticas dessas crianças. Possivelmente essa alteração no domínio sintático seja decorrente de alterações na representação fonológica presentes nesse transtorno. O Test of Language Development Primary 3 adaptado mostrou-se um instrumento eficaz na diferenciação de crianças com e sem Transtorno e poderá ser usado como prova complementar no diagnóstico do Transtorno Fonológico
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.06.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FM10700068289W4.DB8 SP.USP FM-2 B884de 2010
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BROGGIO, Francine Tovo Ortigoso; WERTZNER, Haydée Fiszbein. Desempenho de crianças com transtorno fonológico no Test of Language Development Primary 3 adaptado para o Português Brasileiro. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5162/tde-27082010-180702/ >.
    • APA

      Broggio, F. T. O., & Wertzner, H. F. (2010). Desempenho de crianças com transtorno fonológico no Test of Language Development Primary 3 adaptado para o Português Brasileiro. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5162/tde-27082010-180702/
    • NLM

      Broggio FTO, Wertzner HF. Desempenho de crianças com transtorno fonológico no Test of Language Development Primary 3 adaptado para o Português Brasileiro [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5162/tde-27082010-180702/
    • Vancouver

      Broggio FTO, Wertzner HF. Desempenho de crianças com transtorno fonológico no Test of Language Development Primary 3 adaptado para o Português Brasileiro [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5162/tde-27082010-180702/