Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise da evolução de parâmetros bioquímicos do sangue e de alterações dentárias em ratos diabéticos sob a ação terapêutica do chá-verde (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RODRIGUES, PAMELLA ANGÉLICA LISBÔA - FOB
  • USP Schools: FOB
  • Sigla do Departamento: BAB
  • Subjects: DIABETES MELLITUS; CÁRIE DENTÁRIA; CHÁ (APLICAÇÕES TERAPÊUTICAS)
  • Language: Português
  • Abstract: O diabetes é um problema de saúde que vem aumentando cada vez mais na população mundial. Suas principais causas estão relacionadas aos comportamentos da vida moderna, como a má alimentação e o sedentarismo. O tratamento extremo da doença é a aplicação de insulina exógena, mas atualmente, busca-se terapias alternativas, menos invasivas e dispendiosas, e mais práticas, como o uso do chá-verde, por seu possível efeito antihiperglicêmico. Neste estudo, o objetivo foi analisar os efeitos do chá em alguns parâmetros bioquímicos do sangue e histológicos dos tecidos dentários de ratos diabéticos. Foram utilizados 80 ratos Wistar, sendo que 40 constituíram o grupo experimental diabético e 40, o grupo controle. Estes grupos foram subdivididos em dois cada, os tratados com chá-verde e os que não receberam tratamento. Seguiu-se uma terceira subdivisão em grupos de 5 animais (n=5) de acordo com os períodos experimentais de 15 dias, 1, 2 e 3 meses. A indução do diabetes foi conseguida pela injeção de 50 mg/kg de estreptozotocina intra-peritoneal em animais com 2 meses de idade. Após 1 semana o diabetes foi diagnosticado por exames clínicos e glicemia maior do que 180 mg/dL. A partir daí, os animais tratados tiveram a ingestão hídrica substituída pela ingestão de chá-verde por 24 h ao dia. O chá-verde foi preparado com 7 g da folha desidratada / L água, em infusão por 10 min. Ao completarem-se os períodos experimentais, o sangue foi colhido, os animais foram mortos e suas mandíbulas extraídas e preparadas para a análise histológica. A avaliação histomorfométrica mostrou uma redução do volume de fibras entre os grupos de 3 meses em relação ao de 15 dias. As lesões cariosas foram verificadas e apresentaram-se nos períodos de 2 e 3 meses da doença, sendo que o chá-verde provavelmente inibiu em 50% as cáries nos animais diabéticos aos 2 mesesexperimentais. Os níveis glicêmicos sofreram um aumento significante entre os períodos de 15 dias a 1 mês da doença e, então, mantiveram-se constantes, sendo que o chá-verde parece ter apresentado efeito anti-hiperglicêmicos neste período. Os níveis de uréia aumentaram gradualmente nos animais diabéticos, mas diminuíram aos 3 meses da doença nos animais tratados (diabéticos e controle). Os níveis de albumina mostraram-se menores somente nos diabéticos tratados aos 3 meses. Os níveis de proteínas totais foram menores desde os quinze dias de diabetes nos animais sem chá em relação aos tratados. Os níveis de colesterol acompanharam a curva de crescimento da glicemia através do tempo nos diabéticos sem tratamento. Um achado curioso foi a menor média de colesterol, aos quinze dias, do grupo diabético tratado com chá-verde. Os níveis de triglicérides só foram afetados pela doença ao terceiro mês, quando o maior nível de triglicérides foi o do grupo diabético tratado. No primeiro mês do experimento, os animais diabéticos apresentaram níveis maiores de creatinina do que os do grupo controle, mas com o chá-verde este aumento foi significativamente menor. Com base nestes dados, podemos inferir que cháverde, ingerido regularmente por via-oral, pode controlar inicialmente o avanço da cárie dentária, da glicemia e outros compostos sangüíneos, mas com o passar do tempo esse efeito parece diminuir sobre alguns produtos enquanto aumentar sobre outros.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.07.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FOB11600027977R618a
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RODRIGUES, Pamella Angélica Lisbôa; ASSIS, Gerson Francisco de. Análise da evolução de parâmetros bioquímicos do sangue e de alterações dentárias em ratos diabéticos sob a ação terapêutica do chá-verde. 2010.Universidade de São Paulo, Bauru, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25142/tde-18082010-095635/publico/PamellaRodrigues.pdf >.
    • APA

      Rodrigues, P. A. L., & Assis, G. F. de. (2010). Análise da evolução de parâmetros bioquímicos do sangue e de alterações dentárias em ratos diabéticos sob a ação terapêutica do chá-verde. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25142/tde-18082010-095635/publico/PamellaRodrigues.pdf
    • NLM

      Rodrigues PAL, Assis GF de. Análise da evolução de parâmetros bioquímicos do sangue e de alterações dentárias em ratos diabéticos sob a ação terapêutica do chá-verde [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25142/tde-18082010-095635/publico/PamellaRodrigues.pdf
    • Vancouver

      Rodrigues PAL, Assis GF de. Análise da evolução de parâmetros bioquímicos do sangue e de alterações dentárias em ratos diabéticos sob a ação terapêutica do chá-verde [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25142/tde-18082010-095635/publico/PamellaRodrigues.pdf

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: