Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Energia escura e aceleração do universo: aspectos conceituais e testes observacionais (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: JESUS, JOSE FERNANDO DE - IAG
  • USP Schools: IAG
  • Subjects: MATÉRIA ESCURA; COSMOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Na última década, o extraordinário progresso nas observações astronômicas (distâncias com supernovas (SNe Ia), espectros de potência da matéria e da radiação cósmica de fundo (RCF), determinação do brilho de aglomerados de galáxias, etc.) aliado com importantes desenvolvimentos teóricos, transformaram a cosmologia numa das fronteiras mais excitantes da ciência conteporânea. Nesta tese, diferentes testes observacionais são utilizados para vincular alguns cenários cosmológicos acelerados (com e sem energia escura), todos eles definidos no contexto teórico da relatividade geral. Inicialmente, para uma grande classe de modelos com decaimento do vácuo, investigamos os vínculos provenientes da existência de objetos velhos em altos redshifts. No modelo de Chen e Wu generalizado, encontramos que o limite para o parâmetro livre descrevendo a taxa do decaimento do vácuo é n >OU= 0,21. Este resultado descarta o modelo de Chen e Wu original (n = 2) e também o modelo de concordância cósmica, 'LÂMBDA'CDM (n = 0). Além disso, quando incluimos o fluído bariônico em nossa análise do modelo de Wang e meng, obtemos para seu parâmetro livre um limite interior, 'ÉPSILON >OU=0,231, um valor em desacordo com estimativas independentes baseadas em SNe Ia, RCF e o brilho de Raios-X de aglomerados. Propusemos também um teste estatístico com base nas idades estimadas para uma amostra de 13 galáxias velhas em altos redshifts. Através de uma análise conjunta envolvendo as idades das galáxias e as oscilações acústicas dos bárions (BAO), vinculamos o valor da constante de Hubble no contexto do modelo ''LÂMBDA'CDM plano. Considerando um tempo de incubação adotado por diferentes autores, obtemos h=0,71'MAIS OU MENOS' 0,04 (1'SIGMA'), um resultado de acordo com observações independentes baseadas em Cefeidas (obtidas com o Hubble Space Telescope) e outras estimativas mais recentes. Outro resultado interessante foiobtido através de uma análise termodinâmica para uma classe de modelos com interação no setor escuro (matéria escura-energia escura). contrariamente ao que se pensava até então, encontramos que a termodinâmica permite que a matéria escura decaia em energia escura, contanto que ao menos uma das componentes possua um potêncial químico não-nulo. Como complemento, mostramos que, para um termo de interação específico, dados de SNe Ia, BAO e RCF favorecem o decaimento de matéria escura com ~93% de confiança estatística. Investigamos também o comportamento do redshift de transição em diferentes cosmologias, com e sem energia escura, e mostramos que essa quantidade pode ter uma variação extrema dependendo do modelo cosmológico subjacente. Finalmente, discutimos também um novo modelo cosmológico cuja aceleração em baixos redshifts é determinada pela criação de partículas da matéria escura fria. O modelo representa uma redução do setor escuro, isto é, não tem energia escura, contém apenas um parâmetro livre e satisfaz os vínculos de Supernovas do tipo Ia tão bem quanto o modelo 'LÂMBDA'CDM padrão.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.06.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IAG30200025213CD-ROM 769
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      JESUS, José Fernando de; LIMA, José Ademir Sales de. Energia escura e aceleração do universo: aspectos conceituais e testes observacionais. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/14/14131/tde-28092010-104717/?&lang=pt-br >.
    • APA

      Jesus, J. F. de, & Lima, J. A. S. de. (2010). Energia escura e aceleração do universo: aspectos conceituais e testes observacionais. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/14/14131/tde-28092010-104717/?&lang=pt-br
    • NLM

      Jesus JF de, Lima JAS de. Energia escura e aceleração do universo: aspectos conceituais e testes observacionais [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/14/14131/tde-28092010-104717/?&lang=pt-br
    • Vancouver

      Jesus JF de, Lima JAS de. Energia escura e aceleração do universo: aspectos conceituais e testes observacionais [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/14/14131/tde-28092010-104717/?&lang=pt-br

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: