Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo da degradação do Ácido Tânico por processos eletroquímicos e fotoeletroquímicos (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CARDOSO, FRANCIANE PINHEIRO - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Subjects: PROCESSOS QUÍMICOS; ELETROQUÍMICA; QUÍMICA
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho investigou a oxidação eletroquímica do ácido tânico em eletrodos do tipo Anodo Dimensionalmente Estáveis (ADE) a base de Sn’O IND2’ e Ir’O IND.2’ e eletrodos de Diamante Dopado com Boro (BDD). As eletrólises foram feitas em modo galvanostático em função de parâmetros como densidade de corrente e concentração de cloreto. A oxidação eletroquímica do ácido tânico foi capaz de promover a diminuição da concentração de fenóis totais, Carbono Orgânico Total (COT) e Demanda Química de oxigênio (DQO). Para os ADE os melhores resultados de remoção de Carbono Orgânico Total (COT) foram nas condições em que se utilizou 300 ppm de cloreto e densidade de corrente de 25 mA cm . No entanto houve a formação de compostos organoclorados que não foram degradados com maiores tempo de reação. Para os eletrodos de BDD, obteve-se a remoção de aproximadamente 98% de COT após 10 horas de reação a 75 mA ‘cm POT.-2’, na ausência de cloreto. Maiores remoções de COT são obtidas com o aumento da densidade de corrente. Eletrólises na presença de cloreto removeram quase 100% do COT em tempos menores de reação. Análises de compostos organohalogenados (AOX) mostraram que não houve a formação de compostos organoclorados. Menores densidades de corrente apresentaram maiores Eficiência de Corrente (EC) e menor Consumo de Energia (CE). As eletrólises na presença de cloro apresentaram melhores resultados de EC que na ausência do mesmo. A oxidação fotoeletroquímia do ácido tânico em eletrodos do tipo ADE de composição nominal Ti/ ‘Sn IND.0,7’ ‘Ir IND.0,3’’O IND.2’ também foi investigada nesse trabalho. O tratamento fotoeletroquímico foi realizado utilizando uma lâmpada de vapor de mercúrio de alta pressão de 125 W como fonte de irradiação. A variação da corrente não mostrou diferença significativa na oxidação do ácido tânico. A variaçãoda concentração de cloreto no eletrólito suporte influenciou de forma acentuada a oxidação do ácido tânico. O tratamento fotoeletroquímico se mostrou mais eficiente na remoção de COT que os tratamentos eletroquímico e fotoquímico. No tratamento fotoeletroquímico ocorreu a formação de AOX no início da reação, no entanto com o passar do tempo esses compostos foram degradados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.07.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCLRP20800041043Cardoso, Franciane Pinheiro
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARDOSO, Franciane Pinheiro; OLIVI, Paulo. Estudo da degradação do Ácido Tânico por processos eletroquímicos e fotoeletroquímicos. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59138/tde-19082010-104722/?&lang=pt-br >.
    • APA

      Cardoso, F. P., & Olivi, P. (2010). Estudo da degradação do Ácido Tânico por processos eletroquímicos e fotoeletroquímicos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59138/tde-19082010-104722/?&lang=pt-br
    • NLM

      Cardoso FP, Olivi P. Estudo da degradação do Ácido Tânico por processos eletroquímicos e fotoeletroquímicos [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59138/tde-19082010-104722/?&lang=pt-br
    • Vancouver

      Cardoso FP, Olivi P. Estudo da degradação do Ácido Tânico por processos eletroquímicos e fotoeletroquímicos [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59138/tde-19082010-104722/?&lang=pt-br

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: