Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Transformação genética e patogenicidade de Guignardia citricarpa (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RODRIGUES, MARIA BEATRIZ CALDERAN - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Subjects: FRUTAS CÍTRICAS; FUNGOS FITOPATOGÊNICOS; GENÉTICA MICROBIANA; MANCHA PRETA; MICRORGANISMOS ENDOFÍTICOS
  • Language: Português
  • Abstract: Brasil é líder absoluto no comércio internacional de suco de laranja concentrado congelado participando com 82% do volume comercializado no mundo. Guignardia citricarpa é um fungo Ascomiceto agente causal da Mancha Preta dos Citros (MPC), uma doença importante no contexto da Citricultura, causando lesões negras em frutos tornando-os impróprios para a exportação, já que não são aceitos na União Européia pois o patógeno é classificado como quarentenário. O presente trabalho teve como objetivo principal estabeler a metodologia de transformação genética de G. citricarpa para futuramente auxiliar no entendimento dos mecanismos de patogenicidade desta espécie, visando diminuir perdas na citricultura brasileira devido à MPC. Além disso, foi realizada uma análise do gene da enzima endopoligalacturonase, a qual está associada à capacidade de patógenos em colonizar plantas. Para elucidar esse fenômeno, foi realizada a busca de genes relacionados à patogenicidade em outros fungos fitopatogênicos previamente descritos e confirmados participarem no processo de doenças em diversas plantas. Considerando que esses genes possuem uma região conservada para esse fim, após o alinhamento dessas sequências foram construídos primers e o gene de endopoligalacturonase foi identificado no gênero Guignardia sp. Outra espécie pertencente a esse gênero é G. mangiferae, conhecida como endófito de citros, ou seja, coloniza os tecidos internos da planta hospedeira sem causar dano. Em análises enzimáticas foi observado que a quantidade de endopoligalacturonase produzida pela espécie patogênica é superior à da espécie endofítica, mostrando que essa enzima pode participar do processo de patogenicidade de G. citricarpa. Estudos para comprovar a participação de genes nos mecanismos de patogenicidade em diversas espécies utilizando reconhecimento de genes e genômica funcional,expressão e knockout de genes estão sendo realizados, permitindo uma visão geral da organização genômica do sistema patogênico. Pensando nisso, esse trabalho descreve pela primeira vez a metodologia de transformação genética de G. citricarpa via micélio e a obtenção de transformantes expressando a proteína verde fluorescente (GFP). Micélios do fungo foram transformados pelo sistema via Agrobacterium tumefaciens com o plasmídeo pFAT-gfp, contendo os genes de resistência à higromicina B (hgr) e da GFP. A otimização do protocolo de agrotransformação foi realizada a partir do teste de diferentes condições como: tipo de membrana, concentração de agente indutor e tempo de cocultivo. A melhor condição incluiu a utilização de membrana de éster de celulose; 200 PM de AS e 96 horas de co-cultivo. Os transformantes apresentaram alta estabilidade mitótica (82%) e tiveram a inserção do gene hgr confirmada por PCR e do gfp observada em microscopia óptica de epifluorescência. Além disso, foi acompanhado o desenvolvimento do fungo inoculado em frutos, mostrando a interação planta-patógeno. O estabelecimento do sistema de transformação por Agrobacterium para G. citricarpa possibilita o uso dessa ferramenta para estudos de mutagênese insercional e interrupção gênica visando a identificação de genes importantes, como os envolvidos com os mecanismos de patogenicidade utilizados por esse fungo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.08.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500116445t589.23 R696t e.2 97455
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RODRIGUES, Maria Beatriz Calderan; PIZZIRANI-KLEINER, Aline Aparecida. Transformação genética e patogenicidade de Guignardia citricarpa. 2010.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-17092010-190127/ >.
    • APA

      Rodrigues, M. B. C., & Pizzirani-Kleiner, A. A. (2010). Transformação genética e patogenicidade de Guignardia citricarpa. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-17092010-190127/
    • NLM

      Rodrigues MBC, Pizzirani-Kleiner AA. Transformação genética e patogenicidade de Guignardia citricarpa [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-17092010-190127/
    • Vancouver

      Rodrigues MBC, Pizzirani-Kleiner AA. Transformação genética e patogenicidade de Guignardia citricarpa [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-17092010-190127/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: