Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudos dos laços afetivos entre pais psicóticos e seus filhos: como seus filhos lidam com este "louco amor"? (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PROTA, FERNANDO DEL GUERRA - EERP
  • USP Schools: EERP
  • Subjects: TRANSTORNOS PSICÓTICOS; RELAÇÕES PAI-CRIANÇA; SAÚDE MENTAL; PSICANÁLISE
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho estudou os laços afetivos entre pais psicóticos e seus filhos a partir da análise do discurso desses últimos. Interessou-nos apreender que significados os filhos dão aos modos de amar e se relacionar dos pais com eles, à problemática psíquica dos genitores, à percepção da transmissão subjetiva entre as gerações e quais as conseqüências em suas vidas. Foram entrevistados dez filhos de pacientes psicóticos atendidos no Ambulatório de Saúde Mental de Ribeirão Preto ou no Grupo de Pacientes Bipolares do Hospital Dia do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto - USP. As entrevistas foram semi-estruturadas, gravadas, transcritas e avaliadas pelo método de análise de conteúdo, tendo como marco teórico interpretativo a psicanálise lacaniana. Pôde-se verificar que no discurso dos filhos a significação dada aos genitores contém invariavelmente o que denominamos de \"marcas do excesso\": invasão, intransigência, rigidez, descontrole, agressividade e outras, significadas pelos entrevistados como um não reconhecimento de sua condição subjetiva e vivenciada com sentimentos de mágoa e ressentimento. Entretanto, verificamos que esta localização subjetiva dos pais não levou a um inchaço do imperativo superegoico nesses sujeitos. A significação \"doente mental\" esteve presente em todas as entrevistas, mas não se mostrou um bom mediador simbólico entre os sujeitos, ampliando suas ambivalências. Verificou-se, ainda, uma relação direta entre a preponderância da significação \"doente mental\" no discurso e a incapacidade do entrevistado de reconhecer uma transmissão subjetiva intergeracional. A partir destes dados questionamos as abordagens psicoeducacionais centradas na noção de doença mental, sendo necessária abordagem que valorize a intersubjetividade.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.02.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EERP10400020852Prota, Fernando Del Guerra
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PROTA, Fernando Del Guerra; SAEKI, Toyoko. Estudos dos laços afetivos entre pais psicóticos e seus filhos: como seus filhos lidam com este "louco amor"?. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-09032010-162738/ >.
    • APA

      Prota, F. D. G., & Saeki, T. (2010). Estudos dos laços afetivos entre pais psicóticos e seus filhos: como seus filhos lidam com este "louco amor"?. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-09032010-162738/
    • NLM

      Prota FDG, Saeki T. Estudos dos laços afetivos entre pais psicóticos e seus filhos: como seus filhos lidam com este "louco amor"? [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-09032010-162738/
    • Vancouver

      Prota FDG, Saeki T. Estudos dos laços afetivos entre pais psicóticos e seus filhos: como seus filhos lidam com este "louco amor"? [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-09032010-162738/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: