Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Atitudes maternas no processo de decisão da cirurgia cardíaca paliativa para o filho (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: REZE, BARBARA - IP
  • USP Schools: IP
  • Sigla do Departamento: PSA
  • Subjects: TOMADA DE DECISÃO; RELAÇÕES MÃE-CRIANÇA; ATITUDES FRENTE À DOENÇA; RELAÇÕES MÉDICO-PACIENTE; CIRURGIA PEDIÁTRICA
  • Language: Português
  • Abstract: A decisão da cirurgia cardíaca paliativa é um processo crítico para os pais pois envolve risco de vida para o filho. Esta pesquisa investigou aspectos das atitudes maternas na tomada de decisão da cirurgia, com a suposição de que atitudes de recusa podem estar presentes. A partir do referencial teórico da Psicanálise, entende-se que o diagnóstico médico e a indicação cirúrgica podem provocar impactos psíquicos traumáticos. A iminência de perda pela doença de prognóstico ruim, a relação risco-benefício não claramente favorável da cirurgia e o contexto do tratamento, em geral permanente e realizado fora do domicílio de origem, são aspectos que influenciam as decisões da mãe. O processo decisório (tratamento versus não tratamento) foi discutido à luz de noções da Bioética, como autonomia, participação ativa no tratamento, decisões de representação, bem como das implicações jurídicas. A não aceitação da cirurgia pode trazer conflitos de interesse na relação médico-paciente/cuidador, fazendo refletir sobre como se dão, na sociedade atual, as relações entre processos médico-biológicos e processos subjetivos. A partir da abordagem de pesquisa clínico-qualitativa utilizou-se a entrevista semi-dirigida individual. As participantes foram duas mães de crianças cardíacas que passaram por cirurgia paliativa e que estavam hospedadas na Associação de Assistência à Criança Cardíaca e à Transplantada do Coração. Observou-se atitudes de hesitação, questionamento, recusa da cirurgia e atitudesde não pensamento e aceitação imediata do procedimento. Verificou-se a presença de atitudes de recusa da cirurgia, apesar de sua posterior aceitação. Discutiu-se como tais atitudes podem ser entendidas como recusa-reflexão e não apenas como defesas psíquicas ou reações precipitadas. À medida que abre um espaço de pensamento, a recusa-reflexão teria uma função importante para o psiquismo pois auxilia na assimilação dos acontecimentos relativos ao processo decisório. Como conclusão se propõe entender a decisão como um processo e, desta perspectiva, é considerada um momento oportuno de reflexão para a mãe. Sugere-se, então, que na prática psicológica a recusa da cirurgia seja abordada como uma atitude materna possível ao processo decisório, considerando que o encaminhamento na direção do cuidado e do bem-estar global do filho não necessariamente pressupõe a aceitação da cirurgia no momento de sua indicação, da mesma forma que a recusa inicial não significa que seja definitiva. Indica-se o suporte psicológico na decisão da cirurgia que, por legitimar as ambivalências psíquicas, as dúvidas e hesitações desse processo, poderá favorecer um espaço de reflexão e elaboração subjetiva onde se abra a possibilidade de se tomar uma decisão ponderada, consequente, e com a qual a mãe, o pai, a criança, a família, poderão conviver
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.05.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IP12300032197T BF448 R467a e.1
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      REZE, Barbara; SEKKEL, Marie Claire. Atitudes maternas no processo de decisão da cirurgia cardíaca paliativa para o filho. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-30072010-110253/ >.
    • APA

      Reze, B., & Sekkel, M. C. (2010). Atitudes maternas no processo de decisão da cirurgia cardíaca paliativa para o filho. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-30072010-110253/
    • NLM

      Reze B, Sekkel MC. Atitudes maternas no processo de decisão da cirurgia cardíaca paliativa para o filho [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-30072010-110253/
    • Vancouver

      Reze B, Sekkel MC. Atitudes maternas no processo de decisão da cirurgia cardíaca paliativa para o filho [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-30072010-110253/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: