Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeito da microinjeção de aminoácidos excitatórios no córtex cingulado anterior e avaliação das suas conexões com a substância cinzenta periaquedutal sobre a modulação da imobilidade tônica e da nocicepção em cobaias (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: COUTINHO, MARCIO RAMOS - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: NOCICEPTORES; SUBSTÂNCIA CINZENTA PERIAQUEDUTAL; AMINOÁCIDOS EXCITATÓRIOS; FISIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: A imobilidade tônica (IT) e uma resposta defensiva inata, caracterizada pelo estado profundo e temporário de acinesia, evocada por meio de manobras de restrição física e inversão da postura do animal. Nossos estudos prévios demonstraram que a estimulação glutamatérgica da porção dorsomedial/dorsolateral da substancia cinzenta periaquedutal (SCPd) diminui a duração da resposta de IT em cobaias (Cavia porcellus). Algumas evidencias sugerem que o córtex cingulado anterior (CCA) constitui em uma importante fonte glutamatérgica para a SCPd. Alem disso, sabe-se que o CCA exerce destacada função no processamento de respostas envolvidas em contextos motivacionais defensivos e de nocicepção em humanos e em ratos. Assim, o presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da microinjeção de DLH (agonista glutamatérgico) no CCA de cobaias sobre a duração dos episódios de IT e sobre a nocicepção, analisada pelo teste de vocalização induzida pela aplicação de um estimulo nocivo agudo periférico e pelo teste nociceptivo de retirada da pata. Esses testes nociceptivos permitiram analisar separadamente o componente afetivomotivacional e sensorio-discriminativo da dor, respectivamente. O presente trabalho teve o objetivo também de avaliar o efeito do bloqueio funcional da SCPd, previamente a microinjeção de DLH no CCA, sobre a duração dos episodios de IT e sobre a resposta afetivomotivacional de dor. Por fim, o presente estudo se propBs investigar, por meio da microinjeção de neurotraçador (Texas red conjugado a dextrana de amina biotinizada), possíveis conexões que partem do CCA e se dirigem diretamente para a SCPd em cobaias. Os presentes resultados demonstraram que as microinjeções de DLH (30 nmol / 0,2 µl) diminuíram a duração da resposta de IT. Este efeito foi bloqueado pela previa administração de 3,6 nmol de MK-801 (antagonista dos receptores glutamatérgicos do tipo NMDA) no CCAou na SCPd. Os resultados do presente estudo também mostraram que a microinjeção de DLH (30 nmol / 0,2 µl) no CCA produziu aumento da resposta de vocalização induzida pela aplicação de um estimulo nociceptivo, mas não sobre o reflexo nociceptivo de retirada da pata. O referido efeito nociceptivo não foi observado quando houve o tratamento prévio com MK-801 (3,6 nmol / 0,2 µl) no CCA ou com lidocaína a 2 % (0,2 µl) na SCPd. A microinjeção de 0,2 µl do rastreador neuronial Texas red (Peso molecular: 10.000) a 10 % mostrou evidentes conexões entre o CCA e a SCPd. Dessa forma, os presentes resultados permitiram sugerir que os amino acido s excitatório s no C CA de cobaias são capazes de diminuir a dura,cao da resposta de IT e de facilitar a expressão do componente afetivomotivacional da dor. O mecanismo relacionado com essas atividades possivelmente envolve a ativação dos receptores glutamatérgicos do tipo NMDA presentes no CCA e o recrutamento por conexões diretas, de neurônios presentes na SCPd. Assim, os resultados do presente estudo reforçam a idéia de que o CCA e a SCPd parecem fazer parte de uma mesma rede neural, importante para a mediação de respostas envolvidas em contextos motivacionais, que visam o afastamento ou a esquiva do animal em relação aos estímulos aversivos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.08.2010

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200055542Coutinho, Márcio Ramos
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      COUTINHO, Márcio Ramos; OLIVEIRA, Leda Menescal de. Efeito da microinjeção de aminoácidos excitatórios no córtex cingulado anterior e avaliação das suas conexões com a substância cinzenta periaquedutal sobre a modulação da imobilidade tônica e da nocicepção em cobaias. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010.
    • APA

      Coutinho, M. R., & Oliveira, L. M. de. (2010). Efeito da microinjeção de aminoácidos excitatórios no córtex cingulado anterior e avaliação das suas conexões com a substância cinzenta periaquedutal sobre a modulação da imobilidade tônica e da nocicepção em cobaias. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Coutinho MR, Oliveira LM de. Efeito da microinjeção de aminoácidos excitatórios no córtex cingulado anterior e avaliação das suas conexões com a substância cinzenta periaquedutal sobre a modulação da imobilidade tônica e da nocicepção em cobaias. 2010 ;
    • Vancouver

      Coutinho MR, Oliveira LM de. Efeito da microinjeção de aminoácidos excitatórios no córtex cingulado anterior e avaliação das suas conexões com a substância cinzenta periaquedutal sobre a modulação da imobilidade tônica e da nocicepção em cobaias. 2010 ;