Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Não ser, eis a questão: a constituição da identidade do professor inclusivo (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LIMA, CIBELLE CARLOS SOUSA - FE
  • USP Schools: FE
  • Subjects: EDUCAÇÃO INCLUSIVA; FORMAÇÃO DE PROFESSORES; IDENTIDADE PROFISSIONAL; INCLUSÃO ESCOLAR; TEORIA CRÍTICA (EDUCAÇÃO); PROFESSOR REFLEXIVO
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho dissertativo propõe-se a traçar algumas reflexões sobre a constituição da identidade de professores inclusivos e seus processos formativos sócio-culturais. Esta é uma pesquisa bibliográfica, de abordagem qualitativa e de metodologia dialética de análise. Historicamente o processo de inclusão social e educacional tem repercussão global e luta pela garantia dos direitos a educação de qualquer pessoa independente de sua condição sóciocultural, biológica ou psicológica, isto é, todos e todas têm direito a educação seja qual for a sua diferença ou diversidade. Entretanto, uma das maiores barreiras deste movimento é a discriminação e o preconceito. Barreira que aliada ao desafio das condições objetivas da escola (a saber: suas condições econômicas, sociais, culturais e políticas de estrutura e de funcionamentos) tornam tal desafio quase impossível. Diante do contexto histórico da educação massificada em uma sociedade capitalista e tecnológica, o movimento de educação inclusiva é considerado como uma tentativa de determinada parcela social que deseja produzir mudanças a fim de não contribuir com a perpetuação da contradição social: discursos de inclusão em uma sociedade que se sustenta pela prática de exclusão. Contudo, ciente das limitações desse movimento, recorro ao pensamento Crítico na busca de alternativas reflexivas que interrompam esse movimento histórico e que conduzam a elaborações emancipatórias. Uma leitura teórico-crítica, de cunho dialético, contribuicom o nosso trabalho na medida em que aponta que as condições objetivas de transformação são impossíveis, sendo necessário considerar o lado subjetivo, ou seja, a valorização dos sujeitos e a sua tomada de consciência, além de seu papel social objetivo e participativo, para que a educação realize-se com ética.. Nesse sentido meu trabalho ao debruçar-se sobre a formação e a constituição da identidade dos professores objetiva provocar reflexão e crítica, a fim de ultrapassar as idéias e modelos preconcebidos, os processos de reificação, as subjetividades administradas e outras mazelas do pensamento moderno. A educação inclusiva deve ultrapassar limites, ser ousada, subversiva e reavivar a aptidão e a vocação de educar
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.10.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FE20500072807371.9 L732n
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LIMA, Cibelle Carlos Sousa; MATTOS, Edna Antonia de. Não ser, eis a questão: a constituição da identidade do professor inclusivo. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-11112010-104012/ >.
    • APA

      Lima, C. C. S., & Mattos, E. A. de. (2010). Não ser, eis a questão: a constituição da identidade do professor inclusivo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-11112010-104012/
    • NLM

      Lima CCS, Mattos EA de. Não ser, eis a questão: a constituição da identidade do professor inclusivo [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-11112010-104012/
    • Vancouver

      Lima CCS, Mattos EA de. Não ser, eis a questão: a constituição da identidade do professor inclusivo [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-11112010-104012/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: