Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A comunidade de abelhas (Hymenoptera - Apoidea) de duas áreas de interesse biológico e histórico em Santa Catarina (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: KRUG, CRISTIANE - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Subjects: HYMENOPTERA; APOIDEA; POLINIZAÇÃO; BIODIVERSIDADE
  • Language: Português
  • Abstract: A comunidade de abelhas (Hymenoptera, Apoidea) foi estudada em duas áreas de preservação em Santa Catarina: no Parque Nacional Serra do Itajaí (PNSI) em Blumenau e no Parque Estadual Fritz Plaumann (PEFP) em Concórdia. As coletas das abelhas foram realizadas bimestralmente durante dois anos em cada área entre janeiro de 2008 e março de 2010. Três métodos de coleta foram utilizados: bandejas armadilhas, rede entomológico e iscas de cheiro. Um total de 6074 indivíduos pertencentes a 193 espécies de abelhas foram amestrados, sendo 3112 indivíduos de 133 espécies em Blumenau e 2962 indivíduos de 110 espécies em Concórdia. Cinqüenta espécies de abelhas foram comuns às duas áreas. Apidae foi a família mais abundante em número de indivíduos e espécies nas duas localidades, seguida por Halictidae. Foi observada uma maior riqueza de espécies em Blumenau em comparação à Concórdia, o que provavelmente reflete às melhores condições de preservação da primeira localidade. A rede de interação entre abelhas e plantas das duas áreas foi estudada com dados provenientes da coleta com rede entomológico. Em Blumenau, as 124 espécies de abelhas coletadas interagiram com 110 espécies vegetais, totalizando de 623 interações qualitativas e 2780 interações quantitativas. Em Concórdia, as 99 espécies de abelhas coletadas interagiram com 77 espécies de plantas, totalizando de 434 interações qualitativas e 2764 interações quantitativas. A similaridade entre a fauna de abelhas nas duas áreas foi alta, já a similaridade da flora foi baixa. A rede de interações das duas áreas é aninhada, com forte assimetria na rede, num padrão similar ao encontrado em diferentes estudos de interações mutualísticas. Ao compararmos os resultados obtidos sobre a fauna de abelhas atual com aquela encontrada por Fritz Müller na região Blumenau no século XIX e por Fritz Plaumann na região de Concórdiano século XX, observamos que somente 41% e 16%, respectivamente, foram comuns, ou seja, possivelmente muitas espécies de abelhas podem ter sofrido processo de extinção local. Adicionalmente como estudo de caso avaliamos os visitantes florais e alguns aspectos da polinização da espécie tristílica Oxalis cytizoides Mart. & Zucc (Oxalidaceae) no PEFP. Entre as 30 espécies de abelhas visitantes, destacam-se como potenciais polinizadores Hypanthium divaricatum, Lophopedia nigrispinis e Ceratina sp.16 pela freqüencia de visita e coleta ativa de pólen nas flores
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.10.2010

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCLRP20800041553Krug, Cristiane
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KRUG, Cristiane; SANTOS, Isabel Alves dos. A comunidade de abelhas (Hymenoptera - Apoidea) de duas áreas de interesse biológico e histórico em Santa Catarina. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010.
    • APA

      Krug, C., & Santos, I. A. dos. (2010). A comunidade de abelhas (Hymenoptera - Apoidea) de duas áreas de interesse biológico e histórico em Santa Catarina. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Krug C, Santos IA dos. A comunidade de abelhas (Hymenoptera - Apoidea) de duas áreas de interesse biológico e histórico em Santa Catarina. 2010 ;
    • Vancouver

      Krug C, Santos IA dos. A comunidade de abelhas (Hymenoptera - Apoidea) de duas áreas de interesse biológico e histórico em Santa Catarina. 2010 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: