Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Deficiência auditiva referida e condições de saúde de idosos: um estudo de base populacional (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PAIVA, KARINA MARY DE - FSP
  • USP Schools: FSP
  • Subjects: SAÚDE DO IDOSO; PERDA AUDITIVA (PREVALÊNCIA); ENVELHECIMENTO; AUTOPERCEPÇÃO (INDICADORES); INQUÉRITOS DE MORBIDADE
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A deficiência auditiva em idosos é decorrente do processo fisiológico do envelhecimento que ocorre de forma individual e pode ser agravada por fatores como exposição a ruídos, medicamentos, doenças e estresse. As limitações decorrentes deste déficit podem ser minimizadas evitando consequências como isolamento e frustração no idoso. A deficiência auditiva referida representa um importante instrumento para obtenção de indicadores de prevalência desta deficiência que ainda são escassos em âmbito nacional, regional e local. Objetivos: Descrever a prevalência da deficiência auditiva referida e seu impacto nas condições de saúde de idosos do município de São Paulo. Métodos: Os dados são provenientes do Inquérito de Saúde do Município de São Paulo (ISA-Capital), um estudo transversal de base populacional (n=3357) com a população não-institucionalizada e residente em área urbana do município de São Paulo. Analisou-se o subgrupo dos idosos (n=872). Foram utilizados os testes de associação do 2 e a análise de regressão de Poisson univariada. Resultados: A prevalência da deficiência auditiva referida pelos idosos foi 11,2 por cento e apesar do predomínio do sexo feminino na população estudada (60,3 por cento), esta prevalência foi quase duas vezes maior nos homens quando comparados às mulheres (p=0,006). Os homens que referiram deficiência auditiva apresentaram um diferencial na utilização de serviços de saúde, participavam mais dos programas de prevenção ao câncer depróstata (RP: 1,252 - p=0,015). A maior parte dos idosos com deficiência auditiva relatou não ter dificuldades em atividades de lazer (74,5 por cento), não necessitar de ajuda nas atividades de rotina (88,6 por cento), nem de assistência, seja médico-hospitalar ou para tratamentos de reabilitação (63,3 por cento) em decorrência deste déficit. Conclusão: A alta prevalência de deficiência auditiva referida pelos idosos, principalmente no sexo masculino, remete à relevância deste problema para a saúde pública, já que se observou desconhecimento dos idosos quanto a questões relativas a esta deficiência, assim como ações de prevenção, tratamento e reabilitação decorrentes da mesma. A utilização deste tipo de indicador em estudos de base populacional poderia representar a criação de dados para determinação da extensão da carga global e regional desta deficiência no processo do envelhecimento
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.10.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FSP11800047570CDR-629
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PAIVA, Karina Mary de; CESAR, Chester Luiz Galvao. Deficiência auditiva referida e condições de saúde de idosos: um estudo de base populacional. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-16112010-153014/ >.
    • APA

      Paiva, K. M. de, & Cesar, C. L. G. (2010). Deficiência auditiva referida e condições de saúde de idosos: um estudo de base populacional. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-16112010-153014/
    • NLM

      Paiva KM de, Cesar CLG. Deficiência auditiva referida e condições de saúde de idosos: um estudo de base populacional [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-16112010-153014/
    • Vancouver

      Paiva KM de, Cesar CLG. Deficiência auditiva referida e condições de saúde de idosos: um estudo de base populacional [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-16112010-153014/