Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeito do TAK-778 na interação osteoblasto-osteoclsto (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BELLESINI, LARISSA SVERZUT - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFA
  • Subjects: OSTEOBLASTO; OSTEOCLASTO
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo do presente estudo foi investigar o efeito do TAK-778 na interação eoblasto-osteoclasto e seu efeito em osteoclastos. O efeito do TAK-778 na interação osteoblasto-osteoclasto foi avaliado por meio da análise da expressão de moléculas envolvidas no controle da osteoclastogênese, expressas por osteoblastos, e por meio das avaliações da formação e da atividade de osteoblastos expostos ao meio condicionado por osteoblastos. O efeito do TAK-778 em osteoblastos foi avaliado por meio das análises da formação e atividade osteoclásticas. Osteoblastos diferenciados a partir de células de medula óssea humana foram subcultivados na presença de meio osteogênico suplementado com TAK-778 (’10 POT. -5’M) ou veículo. Aos 7 dias de cultivo, a expressão dos falares interleucina 1 alfa (IL1A), interleucina 1 beta (IL1B), interleucina 6 (IL6), interleucina 11 (IL11), fator de necrose tumoral alfa (TNFA), ligante do receptor ativador do fator nuclear-Kappa B (RANKL), osteoprotegerina (OPG) e molécula de adesão intercelular 1 (ICAM1) foi avaliada por meio de PCR em tempo real, utilizando o sistema Taqman. Por meio de ensaios imunoenzimáticos (ELISA), com exceção da ICAM1 e RANKL, a expressão destes fatores bem como de prostaglandina ‘E IND.2’ (‘PGE IND.2’) também foi avaliada. Em adição, células mononucleares isoladas a partir de medula óssea humana foram diferenciados em osteoblastos que foram cultivados em meio de cultura suplementado com meio condicionado por osteoblastos cultivados na presença de TAK-778 (’10 POT.-5’M) ou veículo, para avaliação do efeito do TAK-778 na interação osteoblasto-osteoclasto. O efeito do TAK-778 sobre osteoblastos foi avaliado por suplementar o meio osteoclastogênico com TAK-778 (’10 POT. -7’M) ou veículo. A formação e atividade osteoclásticas foram avaliadas, respectivamente, por meio da marcação histoquímica para TRAP e deensaios de reabsorção de fosfato de cálcio. Os resultados obtidas indicaram que, em osteoblastos, o TAK-778 estimula a expressão de RANKL, OPG, ICAM1 e ‘PGE IND.2’, inibe a expressão de IL6 e não altera a expressão de IL1B, IL11l e TNFA. Em adição, a expressão de IL1A não foi detectada nos grupos de células cultivados na presença ou ausência de TAK778. O meio condicionado por osteoblastos cultivados na presença de TAK-778 inibe a formação de osteoclastos, sem alterar a atividade de reabsorção destas células. Entretanto, o TAK-778 não exerceu efeito direto sobre a formação e atividade osteoclásticas. Estes resultados sugerem que a reduzida expressão de IL6 e a expressão aumentada de ‘PGE IND.2’ por osteoblastos expostos ao TAK-778 tenham sido os responsáveis pela inibição da formação osteoclástica in vitro. Em modelos in vivo ou em sistemas de co-culturas, o TAK-778 poderia exercer um efeito diferente sobre a osteoclastogênese, por estimular a expressão de RANKL, ICAM1 e OPG em osteoblastos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.09.2010

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200056509Bellesini, Larissa Sverzut
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BELLESINI, Larissa Sverzut; ROSA, Adalberto Luiz. Efeito do TAK-778 na interação osteoblasto-osteoclsto. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010.
    • APA

      Bellesini, L. S., & Rosa, A. L. (2010). Efeito do TAK-778 na interação osteoblasto-osteoclsto. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Bellesini LS, Rosa AL. Efeito do TAK-778 na interação osteoblasto-osteoclsto. 2010 ;
    • Vancouver

      Bellesini LS, Rosa AL. Efeito do TAK-778 na interação osteoblasto-osteoclsto. 2010 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: