Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Triagem e seleção de antígenos salivares para uma vacina anticarrapatos Rhipiceplzalus (B.) microplus através de estratégias genômica e proteômica (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MORÉ, DANIELA DANTAS - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: VACINAS (DESENVOLVIMENTO); CARRAPATOS; BOVINOS
  • Language: Português
  • Abstract: vitro (IVTT). Os resultados mostraram que dos 23 GIs avaliados quanto à indução de resposta cutânea tardia com a inoculação de DNA nu, apenas dois não foram capazes de induzir resposta como eritema ou enduração; com relação às células presentes no sítio de inoculação dos GIs não foram observadas diferenças significativas. Em seguida, 15 GIs foram selecionados para avaliação do efeito de interferência por RNA. O silenciamento gênico de cinco GIs foi capaz de interferir consistentemente com o desempenho dos carrapatos alimentados em hospedeiros suscetíveis, prejudicando principalmente o peso das fêmeas alimentadas e da massa de ovos, a eficiência reprodutiva e a taxa de eclosão. O silenciamento do GI SIGP G05 merece destaque, pois levou a um maior comprometimento no desempenho dos carrapatos, provocando a redução de 47, 67, 53 e 76% nos parâmetros citados. Em seguida, com exceção do GI CEM G04, todas as proteínas recombinantes foram sintetizadas com sucesso, com obtenção de aproximadamente 20 'mü'g de cada proteína (55,8 a 111,6 ng/ 'mü'L) que poderão ser agora testadas como imunógenos para auxiliar o desenvolvimento de uma vacina anticarrapatoCarrapatos são ectoparasitas hematófagos que coevoluiram simbioticamente com hospedeiros terrestres e adquiriam diversos mecanismos de evasão das respostas montadas por seus hospedeiros durante os longos períodos de infestação. Essa modulação se faz essencialmente através da inoculação de saliva no sítio de alimentação que contém uma série de moléculas com funções biológicas relevantes. Em contrapartida, a resposta imune dos hospedeiros também é capaz de interferir com a expressão gênica em seus eventuais parasitas. Bovinos desenvolvem uma resposta imunológico contra moléculas inoculadas durante a infestação por carrapatos, embora algumas raças apresentem diferentes padrões genéticos de suscetibilidade a novas infestações. A indução natural de resposta imune protetora contra infestações subseqüentes em raças zebuínas sugere a possibilidade do controle através da vacinação dos hospedeiros. A redução no grau das infestações traria uma diminuição significativa dos prejuízos sanitários e financeiros causados por carrapatos. As tecnologias genômicas e proteômicas tem desempenhado um importante papel na busca por antígenos candidatos para o desenvolvimento de várias vacinas, como o fez nesse estudo. Genes de interesse (GIs) clonados foram selecionados através da análise de bibliotecas de cDNA de glândulas salivares de carrapatos, produzidos para inoculação sob a forma de DNA nu na pele de bovinos resistentes às infestações (raça nelore) e avaliação de resposta cutânea tardia. Posteriormente, carrapatos foram inoculados com moléculas fita dupla de RNA (dsRNA) para o silenciamento gênico de alguns dos GIs através de interferência por RNA e tiveram seus parâmetros de desempenho biológicos e reprodutivos avaliados após a alimentação em bovinos. Em seguida, as proteínas recombinantes foram produzidas em sistema de transcrição e tradução in
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.10.2010

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200056527Moré, Daniela Dantas
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MORÉ, Daniela Dantas; FERREIRA, Beatriz Rossetti. Triagem e seleção de antígenos salivares para uma vacina anticarrapatos Rhipiceplzalus (B.) microplus através de estratégias genômica e proteômica. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010.
    • APA

      Moré, D. D., & Ferreira, B. R. (2010). Triagem e seleção de antígenos salivares para uma vacina anticarrapatos Rhipiceplzalus (B.) microplus através de estratégias genômica e proteômica. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Moré DD, Ferreira BR. Triagem e seleção de antígenos salivares para uma vacina anticarrapatos Rhipiceplzalus (B.) microplus através de estratégias genômica e proteômica. 2010 ;
    • Vancouver

      Moré DD, Ferreira BR. Triagem e seleção de antígenos salivares para uma vacina anticarrapatos Rhipiceplzalus (B.) microplus através de estratégias genômica e proteômica. 2010 ;