Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Expressão da família de proteínas SIBLING nos tecidos regenerados em defeitos de furca em câes (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: YORIOKA, CHRISTIANE WATANABE - FO
  • USP Schools: FO
  • Subjects: PERIODONTIA; IMUNOHISTOQUÍMICA; DEFEITOS DA FURCA
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo teve como objetivo caracterizar a expressão da família SIBLING (Small Integrin-Binding Ligand, N-linked Glycoproteins) após tratamento regenerativo de furca com enxerto de tecido reparativo de alvéolos dentários. Para isto, os 2os e 3os pré-molares superiores foram extraídos em quatro cães s.r.d. Cinco dias após as extrações, defeitos padronizados de furca classe II foram criados nos 2os, 3os e 4os pré-molares inferiores, bilateralmente. Estes defeitos foram tratados imediatamente com raspagem, alisamento e polimento corono-radicular (RAPCR) e retalho deslocado coronariamente (RDC) (Grupo Controle) ou com RAPCR + RDC + enxerto de tecido reparativo de alvéolos dentários (Grupo Teste) em um experimento de boca-dividida. Após um período de 6 semanas de reparação, os animais foram sacrificados e foi realizada análise imuno-histoquímica para avaliar a localização dos membros da família de proteínas SIBLING, composta pelas seguintes proteínas nãocolágenas da matriz extracelular: osteopontina (OPN), sialoproteína óssea (BSP), proteína da matriz dentinária 1 (DMP1), sialofosfoproteína da dentina (DSPP) e fosfoglicoproteína da matriz extracelular (MEPE). Não foram encontradas diferenças na expressão da família SIBLING entre os grupos teste e controle. Todas as proteínas foram expressas no novo osso, novo cemento e novo ligamento periodontal, em ambos os grupos. Os osteoclastos demonstraram imunolocalização intracelular intensa somente para a OPN. Cementócitos e onovo ligamento periodontal demonstraram, particularmente, marcação intensa para a MEPE. Houve uma diferença evidente entre o padrão de marcação entre o lado tratado (vestibular) e o não-tratado (lingual) de todos os espécimes, com presença de maior marcação do lado vestibular, para todos os anticorpos testados. Podemos concluir que não houve diferenças no padrão de expressão da família SIBLING após o uso do enxerto de tecido reparativo de alvéolos dentários. A família de proteínas SIBLING é expressa durante o processo de reparação de defeitos de furca, indicando possíveis papéis e funções para as proteínas OPN, BSP, DMP1, DSP e MEPE como moléculas alvo em terapias de regeneração periodontal
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.09.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FO11500013018T4.457
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      YORIOKA, Christiane Watanabe; PUSTIGLIONI, Francisco Emilio. Expressão da família de proteínas SIBLING nos tecidos regenerados em defeitos de furca em câes. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23146/tde-18112010-105741/ >.
    • APA

      Yorioka, C. W., & Pustiglioni, F. E. (2010). Expressão da família de proteínas SIBLING nos tecidos regenerados em defeitos de furca em câes. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23146/tde-18112010-105741/
    • NLM

      Yorioka CW, Pustiglioni FE. Expressão da família de proteínas SIBLING nos tecidos regenerados em defeitos de furca em câes [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23146/tde-18112010-105741/
    • Vancouver

      Yorioka CW, Pustiglioni FE. Expressão da família de proteínas SIBLING nos tecidos regenerados em defeitos de furca em câes [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23146/tde-18112010-105741/