Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Percepções, crenças e práticas de pais e educadores acerca de sobrepeso e obesidade em pré-escolares (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MARINS, SILVIA SANCHES - EE
  • USP Schools: EE
  • Sigla do Departamento: ENP
  • Subjects: OBESIDADE; PRÉ-ESCOLAR; SAÚDE ESCOLAR; ENFERMAGEM PEDIÁTRICA
  • Language: Português
  • Abstract: A Organização Mundial de Saúde (OMS) classifica o excesso de peso (sobrepeso e obesidade) como epidemia, uma vez que é um dos dez principais problemas de saúde atuais. Sua etiologia é multifatorial: genética, endócrina, metabólica, comportamental e ambiental. Tendo em vista estes fatores e os primeiros cinco anos de vida, cruciais para o desenvolvimento de hábitos saudáveis, é necessário conhecer o ambiente, bem como as influências a que a criança está exposta. Assim, este estudo teve como objetivo identificar, conhecer e analisar percepções e crenças de pais e educadores de pré-escolares acerca de sobrepeso e obesidade infantil. Trata-se de estudo qualitativo exploratório, realizado por meio de entrevistas semiestruturadas com quatro educadores, cinco mães e um pai de crianças de duas pré-escolas, uma pública e outra privada, localizadas em São Bernardo do Campo (SP). As entrevistas foram realizadas entre maio e dezembro de 2008. Para a análise dos dados foi utilizada a Análise Temática de Conteúdo de Bardin e o referencial da Bioecologia do Desenvolvimento Humano de Bronfenbrenner. Este propõe um sistema composto por vários níveis: micro, meso, exo e macro, além da própria criança, um sistema por si só, os quais se articulam de modo que os mais amplos vão sucessivamente englobando os menores, em um sistema de círculos concêntricos. O microssistema é o mais próximo da criança e abarca o local no qual faz as refeições, as interações com adultos e pares, as práticas eestratégias utilizadas durante os momentos de alimentação e atividade física. O mesossistema, por sua vez, consiste na interação entre os microambientes, nos quais a criança participa ativamente (família e pré-escola). O exossistema é composto da família extensa, da comunidade, da mídia, do trabalho parental, bem como pela forma de organização dos ambientes urbanos (disponibilidade de alimentos e ambientes públicos de lazer). Afeta a criança intensamente, tanto na alimentação quanto nas oportunidades para brincar e praticar atividades físicas ao ar livre. O macrossistema é constituído por práticas culturais ligadas à alimentação, influência do pertencimento social e econômico, influência do clima e da política governamental. Os entrevistados têm maior clareza acerca da influência dos componentes mais concretos de seu cotidiano. Assim, conseguem perceber, por exemplo, a influência das práticas familiares e da pré-escola, mas tem dificuldade para perceber que falta uma política de segurança que possibilite o uso dos poucos locais públicos de lazer e atividade física. Conclui-se, assim, que as crianças pré-escolares deste estudo estão expostas a muitas influências negativas nos diversos sistemas, o que pode prejudicá-las quanto à aquisição de bons hábitos alimentares e de atividade física, prejudicando-as consequentemente quanto à manutenção de um peso corporal saudável. A temática estudada tem implicações para a profissão de enfermagem em termos de assistência direta, ensinoe pesquisa. Propõe-se a continuidade das pesquisas, especialmente levando-se em conta a influência de fatores relacionados ao macrossistema, que geralmente são pouco considerados na gênese do excesso de peso, mas que se revelaram importantes de acordo com os depoimentos estudados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.03.2011
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARINS, Silvia Sanches; REZENDE, Magda Andrade. Percepções, crenças e práticas de pais e educadores acerca de sobrepeso e obesidade em pré-escolares. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-28032011-110221/ >.
    • APA

      Marins, S. S., & Rezende, M. A. (2011). Percepções, crenças e práticas de pais e educadores acerca de sobrepeso e obesidade em pré-escolares. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-28032011-110221/
    • NLM

      Marins SS, Rezende MA. Percepções, crenças e práticas de pais e educadores acerca de sobrepeso e obesidade em pré-escolares [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-28032011-110221/
    • Vancouver

      Marins SS, Rezende MA. Percepções, crenças e práticas de pais e educadores acerca de sobrepeso e obesidade em pré-escolares [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-28032011-110221/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019