Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeito da infecção bacteriana com lipopolissacarídeo em ratos recém-nascidos sobre respostas emocionais à novidade na adolescecência (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RODRIGUEZ, JAVIER LEONARDO RICO - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: INFECÇÕES BACTERIANAS; COMPORTAMENTO EXPLORATÓRIO; LIPOPOLISSACARÍDEOS; ANSIEDADE; PSICOBIOLOGIA
  • Keywords: Ansiedade; Comportamento exploratório; Impulsividade; Infecção precoce; Lipopolissacarídeo; Anxiety; Early infection; Exploratory behavior; Impulsivity; Lipopolysaccharide
  • Language: Português
  • Abstract: A administração do componente bacteriano lipopolissacarideo (LPS) durante o inicio de vida é um modelo animal comumente utilizado de infecção precoce. Os efeitos desse tratamento sobre a resposta à novidade têm sido geralmente observados em ratos adultos. Contudo, sabe-se pouco sobre esses efeitos em etapas importantes do desenvolvimento como a adolescência. O presente trabalho analisou o efeito de administrações repetidas de LPS em ratos recém-nascidos, sobre a resposta emocional à novidade. No primeiro experimento, filhotes machos de ratos Obstar foram distribuídos em três grupos (N = 12) e receberam injeções intraperitoneais de solução veículo (PBS) ou de LPS (E. coli; 0,05 mg/kg), ou foram mentidos sem tratamento, nos dias 3 e 5 de vida. Na adolescência, entre os dias 40 e 46 de vida, os animais foram expostos aos seguintes testes comportamentais: labirinto em cruz elevado, campo aberto, reconhecimento de objeto novo, tábua de buracos, gradiente de aversão elevado e nado forçado. Os resultados mostraram que, em resposta à novidade, ratos adolescentes expostos a esse paradigma de infecção precoce exibiram um perfil de comportamento impulsivo caracterizado pelo aumento de locomoção, exploração de áreas abertas e baixa neofobia, quando comparados com os animais dos grupos controle. Esses animais exibiram também um estilo ativo de lidar com o estresse na primeira sessão do nado forçado. Semelhante ao procedimento utilizado no primeiro experimento, um segundo experimento foi realizado para determinar se uma exposição diária mais prolongada ao LPS (dias 2 a 7 de vida) poderia alterar a resposta emocional à novidade na adolescência. Os resultados mostraram que a infecção prolongada alterou o estilo de enfrentamento do estresse em ratos adolescentes. Durante a primeira sessão do nado forçado, os ratos tratados com LPS escalaram durante menos tempo e permaneceram mais tempo na postura imóvel, quando comparadosaos animais dos grupos controle. No conjunto, os resultados dos dois experimentos mostraram que (1) manipulações repetidas no inicio de vida podem aumentar a atividade exploratória, (2) os efeitos da administração de LPS nos dias 2 a 7 de vida sobre a resposta emocional parecem depender da re-exposição à novidade e, (3) ratos adolescentes tratados com LPS no inicio de vida exibem aumento do número de levantadas quando expostos à bateria de testes. Discute-se o papel das citocinas no inicio de vida sobre o desenvolvimento de componentes relacionados à resposta de estresse, bem como a importância da experiência precoce com organismos infecciosos na elaboração de respostas adaptativas à novidade na adolescência
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.01.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCLRP20800042005Rodríguez, Javier L. Rico
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RODRÍGUEZ, Javier Leonardo Rico; CARVALHO, Silvio Morato de. Efeito da infecção bacteriana com lipopolissacarídeo em ratos recém-nascidos sobre respostas emocionais à novidade na adolescecência. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-27042011-151313/ >.
    • APA

      Rodríguez, J. L. R., & Carvalho, S. M. de. (2011). Efeito da infecção bacteriana com lipopolissacarídeo em ratos recém-nascidos sobre respostas emocionais à novidade na adolescecência. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-27042011-151313/
    • NLM

      Rodríguez JLR, Carvalho SM de. Efeito da infecção bacteriana com lipopolissacarídeo em ratos recém-nascidos sobre respostas emocionais à novidade na adolescecência [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-27042011-151313/
    • Vancouver

      Rodríguez JLR, Carvalho SM de. Efeito da infecção bacteriana com lipopolissacarídeo em ratos recém-nascidos sobre respostas emocionais à novidade na adolescecência [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-27042011-151313/