Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Formação de subprodutos do estrona e 17'beta'-estradiol na oxidação utilizando cloro e o ozônio em água (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PEREIRA, RENATA DE OLIVEIRA - EESC
  • USP Schools: EESC
  • Sigla do Departamento: SHS
  • Subjects: DESINFECÇÃO DA ÁGUA; HORMÔNIOS; OXIDAÇÃO; SUBPRODUTOS DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS
  • Language: Português
  • Abstract: A poluição dos corpos de água é cada vez maior devido ao lançamento de efluentes, esgotamento sanitário e disposição inadequada de resíduos sólidos. Esse fato causa grande preocupação à comunidade científica, pois à poluição associam-se riscos à saúde causado por poluentes bioativos, compostos químicos orgânicos persistentes e outros compostos que poderiam estar presentes na água. Dentre as substâncias que causam risco à saúde se destacam os desreguladores endócrinos, que são compostos químicos exógenos que interferem na atividade hormonal. Os sistemas de tratamento de água convencionais não removem alguns compostos, tais como pesticidas e hormônios, os quais deveriam ser removidos. O uso do ozônio e cloro vem sendo reportado para tal finalidade, pois atuam como oxidantes que são capazes de oxidar compostos orgânicos, além de serem poderosos desinfetantes. Portanto, o objetivo deste estudo foi avaliar a eliminação e/ou redução dos desreguladores endócrinos - DE em estações de tratamento de água com o uso do ozônio e do cloro. Aliado ao estudo, avaliar qual será a eficiência de remoção de organismos indicadores nas doses utilizadas para oxidação de DE (Coliformes Totais e E.coli) e avaliar a ecotoxicidade em peixes de amostras cloradas contendo 17'beta'-estradiol. O cloro e o ozônio foram capazes de remover eficientemente estrona (E1) e 17'beta'-estradiol (E2) de águas, contudo a eficiência de remoção diminui em concentrações na ordem de ng/L, necessitando-se de altas doses de ozônio e cloro para a completa remoção dos hormônios estudados. Tanto o cloro como o ozônio foram eficientes na inativação de organismos indicadores nas doses comumente utilizadas em ETAs e nas doses requeridas para a remoção dos contaminantes estudados.Amostras contendo E2 após serem cloradas apresentaram toxicidade crônica a peixes da espécie Danio rerio, o efeito estrogênico foi observado principalmente em machos. Foi necessário uma dose de ozônio de 0,95 e 3,8 mg/L para a remoção de 93 e 98% de E2 e E1 respectivamente (Co = 100 ng/L). Considerando o cloro como oxidante após a aplicação de 1,5 mg/L com tempo de contato de 24 h chegou-se a uma remoção de 99,6 e 97,5% para o E2 e E1 respectivamente (Co = 500 ng/L). Tão importante quanto remover o estrona e o 17'beta'-estradiol foi verificar e identificar quais foram os subprodutos formados após a oxidação dos mesmos. Foram identificados vários subprodutos tanto utilizando a degradação por meio do cloro como do ozônio. Alguns destes compostos identificados foram persistentes e recalcitrantes. Para o ozônio a completa remoção foi atingida após 10 mg/L de 'O IND.3' e 16 mg/L de 'O IND.3' para os subprodutos do E1 e E2 respectivamente. Considerando o cloro mesmo após um tempo de contato de 16 dias, havia ainda subprodutos da degradação na água
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.02.2011
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEREIRA, Renata de Oliveira; DANIEL, Luiz Antonio. Formação de subprodutos do estrona e 17'beta'-estradiol na oxidação utilizando cloro e o ozônio em água. 2011.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-07042011-134759/?&lang=pt-br >.
    • APA

      Pereira, R. de O., & Daniel, L. A. (2011). Formação de subprodutos do estrona e 17'beta'-estradiol na oxidação utilizando cloro e o ozônio em água. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-07042011-134759/?&lang=pt-br
    • NLM

      Pereira R de O, Daniel LA. Formação de subprodutos do estrona e 17'beta'-estradiol na oxidação utilizando cloro e o ozônio em água [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-07042011-134759/?&lang=pt-br
    • Vancouver

      Pereira R de O, Daniel LA. Formação de subprodutos do estrona e 17'beta'-estradiol na oxidação utilizando cloro e o ozônio em água [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-07042011-134759/?&lang=pt-br

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019