Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Reatividade de iso-α-ácidos e seus derivados hidrogenados frente ao radical 1-hidroxietila: implicações na perda de qualidade sensorial da cerveja (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ALMEIDA, NATÁLIA ELLEN CASTILHO DE - IQSC
  • USP Schools: IQSC
  • Subjects: CERVEJA; QUÍMICA ANALÍTICA
  • Language: Português
  • Abstract: Os iso-α-ácidos são os principais constituintes responsáveis pelo sabor amargo da cerveja, sendo estes facilmente degradados durante o seu processo de envelhecimento ou exposição a radiação luminosa, em particular o diastereoisômero trans-. O radical 1-hidroxietila é o radical majoritário formado na cerveja durante o processo de envelhecimento. O presente trabalho descreve a reatividade dos iso-α-ácidos frente ao radical 1-hidroxetila através do uso da técnica de spin-trapping com detecção por espectroscopia de ressonância paramagnética de elétrons (RPE) e espectrometria de massas (ESI-(+)-MS/MS). Observou-se que ambos os diastereoisômeros cis- e trans-iso-α-ácidos são degradados na presença do radical 1-hidroxietila com constantes de velocidade aparentes de 1,8 108 e 9,2 109 L mol-1 s-1, respectivamente. A reatividade dos dihidro-iso-α-ácidos com o radical estudado foi similar à reatividade da mistura diastereoisomérica dos iso-α-ácidos, apresentando constante de velocidade aparente de 1,5 109 L mol-1 s-1. Os análogos tetrahidro-iso-α-ácidos não apresentaram reatividade para com o radical 1-hidroxietila, sugerindo os hidrogênios alílicos como sítio reacional. Adicionalmente, os cálculos ab initio por DFT demonstraram que os valores de BDE para os hidrogênios alílicos das cadeias laterais prenila e isohexenoila são equivalentes e, desta maneira, sugerindo a maior reatividade do diastereoisômero trans- a ser creditada a um fator entrópico, já que ambos os grupos estão no mesmo plano espacial. Os produtos de oxidação foram determinados por LC-ESI-MSn e verificou-se a formação dos hidroxi-allo-iso-α-ácidos, recentemente descritos na literatura. O conjunto de resultados obtidos possibilitou a proposta de mecanismo para processo de oxidação e perda dos ácidos amargos da cerveja, observado no envelhecimento da bebida
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.02.2011
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALMEIDA, Natália Ellen Castilho de; CARDOSO, Daniel Rodrigues. Reatividade de iso-α-ácidos e seus derivados hidrogenados frente ao radical 1-hidroxietila: implicações na perda de qualidade sensorial da cerveja. 2011.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75132/tde-17032011-081258/pt-br.php >.
    • APA

      Almeida, N. E. C. de, & Cardoso, D. R. (2011). Reatividade de iso-α-ácidos e seus derivados hidrogenados frente ao radical 1-hidroxietila: implicações na perda de qualidade sensorial da cerveja. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75132/tde-17032011-081258/pt-br.php
    • NLM

      Almeida NEC de, Cardoso DR. Reatividade de iso-α-ácidos e seus derivados hidrogenados frente ao radical 1-hidroxietila: implicações na perda de qualidade sensorial da cerveja [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75132/tde-17032011-081258/pt-br.php
    • Vancouver

      Almeida NEC de, Cardoso DR. Reatividade de iso-α-ácidos e seus derivados hidrogenados frente ao radical 1-hidroxietila: implicações na perda de qualidade sensorial da cerveja [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75132/tde-17032011-081258/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019