Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Desempenho de um reator vertical de fluxo contínuo e leito estruturado com recirculação do efluente, submetido à aeração intermitente, na remoção de carbono e nitrogênio de um efluente sintético (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MOURA, RAFAEL BRITO DE - EESC
  • USP Schools: EESC
  • Sigla do Departamento: SHS
  • Subjects: REMOÇÃO DE NUTRIENTES; AERAÇÃO POR AR COMPRIMIDO; EFLUENTES
  • Language: Português
  • Abstract: Essa pesquisa teve como objetivo principal avaliar o desempenho de um reator de leito estruturado e fluxo contínuo, sob diferentes condições operacionais como aeração intermitente e recirculação do efluente, na remoção biológica de carbono e nitrogênio de uma água residuária sintética. Foi utilizado um reator vertical, construído em acrílico, com um volume total de 11,6 L e um volume útil de 6,1 L. O meio suporte utilizado para fixação dos microrganismos foi espuma de poliuretano na forma de cilindros dispostos verticalmente suportados por hastes, presos nas extremidades. A razão de recirculação utilizada durante todo o experimento foi igual a 5. Os períodos adotados de aeração e não aeração foram de 2 horas e 1 hora, respectivamente. Estabelecidos a vazão de recirculação e os períodos de aeração e não aeração, estudou-se o efeito da variação do TDH na eficiência de remoção de 'N'-total e DQO. Como resultado, observou-se que a melhor condição operacional foi com TDH de 12 horas, que apresentou eficiência de remoção de 'N'-total de 82% e remoção de DQO de 89%. O sistema mostrou-se estável ao ser operado nessas condições, apresentando pouca variação nos resultados. Por outro lado, quando o sistema foi operado com TDH de 8 horas e 10 horas, houve queda nas eficiências de remoção de 'N'-total para valores de 49% e 45% respectivamente. Com relação à remoção de DQO, as eficiências com TDH de 8 horas e 10 horas foram de 85% e 88% respectivamente, indicando uma boa remoção de matéria orgânica mesmo com TDH menor. Não houve presença significativa de biomassa no efluente, indicando que a biomassa permaneceu fortemente aderida ao meio suporte. Foram realizados ensaios cinéticos para determinação das velocidades de nitrificação e desnitrificação da biomassa do reator operando em sua melhorcondição operacional. Por meio e perfis temporais em reatores em batelada, obteve-se uma velocidade de nitrificação via 'N'-amoniacal de 1,43 mg'N'/gSSV.h. As velocidades de nitrificação via 'N'-nitrito foram 1,87 mg'N'/gSSV.h e 1,3 mg'N'/gSSV.h. Na desnitrificação de 'N'-nitrato à 'N'-nitrito, foram obtidas velocidades de 3,4 mg'N'/gSSV.h e 4,0 mg'N'/gSSV.h. Para a desnitrificação de 'N'-nitrito a 'N IND.2', as velocidades obtidas foram 2,3 mg'N'/gSSV.h e 2,9 mg'N'/gSSV.h
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.03.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EESC31100115318TESE 7849
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MOURA, Rafael Brito de; FORESTI, Eugenio. Desempenho de um reator vertical de fluxo contínuo e leito estruturado com recirculação do efluente, submetido à aeração intermitente, na remoção de carbono e nitrogênio de um efluente sintético. 2011.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-11052011-092844/?&lang=pt-br >.
    • APA

      Moura, R. B. de, & Foresti, E. (2011). Desempenho de um reator vertical de fluxo contínuo e leito estruturado com recirculação do efluente, submetido à aeração intermitente, na remoção de carbono e nitrogênio de um efluente sintético. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-11052011-092844/?&lang=pt-br
    • NLM

      Moura RB de, Foresti E. Desempenho de um reator vertical de fluxo contínuo e leito estruturado com recirculação do efluente, submetido à aeração intermitente, na remoção de carbono e nitrogênio de um efluente sintético [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-11052011-092844/?&lang=pt-br
    • Vancouver

      Moura RB de, Foresti E. Desempenho de um reator vertical de fluxo contínuo e leito estruturado com recirculação do efluente, submetido à aeração intermitente, na remoção de carbono e nitrogênio de um efluente sintético [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-11052011-092844/?&lang=pt-br