Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Famílias de crianças em idade escolar com deficiência intelectual, dificuldades de aprendizagem ou desenvolvimento típico: comportamento, estresse materno, apoio social e percepção de impacto familiar (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MIOTTO, CELIA CRISTINA NUNES - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: TRANSTORNOS DE APRENDIZAGEM; COMPORTAMENTO
  • Language: Português
  • Abstract: A literatura mostra que a presença de uma criança com deficiência intelectual pode ocasionar distúrbios no ciclo normal da família, como o estresse parental, apontando o apoio social como um dos mais importantes recursos para proteção dos efeitos de estressores e promotor da recuperação da crise. O modelo Duplo ABCX tem sido utilizado na compreensão da adaptação pós-crise. Os problemas de comportamento de crianças com deficiência intelectual ou com dificuldades de aprendizagem são apontados como significativos estressores parentais. A percepção que os membros da família têm do impacto da presença de uma criança, com deficiência ou não, também se constitui numa variável relevante no ajustamento familiar. Assim, o presente estudo teve como objetivo investigar o estresse materno e sua associação com componentes do modelo Duplo ABCX de adaptação familiar, em grupos de famílias de crianças com deficiência intelectual, com dificuldades de aprendizagem e com desenvolvimento típico. Pretendeu-se 1) comparar o estresse materno, a percepção de apoio social familiar, a percepção do impacto causado pela presença de uma criança na família e os problemas de comportamento das crianças, entre os grupos; 2) identificar associações entre estresse materno e as variáveis do ajustamento familiar nos grupos; 3) investigar a estabilidade dessas variáveis nos grupos com medidas de follow-up. Participaram três grupos: Grupo DI, famílias de crianças com deficiência intelectual (n=30); Grupo DA, famílias de crianças com dificuldades de aprendizagem (n=30), e Grupo DT, com famílias de crianças com desenvolvimento típico (n=30). As mães responderam aos instrumentos de medida do estresse, apoio social, recursos e apoio à maternidade, problemas de comportamento das crianças e percepção do impacto da presença de uma criança com necessidades especiais. Tais instrumentos foram aplicados em duas ocasiões, com intervalode 8 a 12 meses. Os dados foram analisados estatisticamente por meio de comparação de grupos e correlação. Os resultados não indicaram diferenças entre os grupos quanto ao estresse materno, e a maioria das mães nos três grupos apresentou elevado nível de estresse, com predominância de sintomas psicológicos. Não houve diferenças significativas quanto ao escore total das escalas de apoio social, mas observaram-se algumas diferenças entre os grupos nas subescalas; o grupo DT apresentou maiores níveis de apoio para desabafes, percebendo a presença de seus filhos como menos impactante para outros membros da família. Ao avaliarem os filhos, mães de crianças com deficiência intelectual relataram maiores níveis de problemas com colegas, perceberam maiores dificuldades de comunicação ou comportamentais e perceberam as limitações físicas e de habilidades de auto-cuidados das crianças como mais impactantes. As crianças com dificuldades de aprendizagem foram indicadas pelas mães como mais hiperativas, com maior pessimismo sobre o futuro. A análise da associação entre o estresse e as variáveis do ajustamento indicou algumas correlações. As comparações entre desistentes e não-desistentes apontaram diferenças quanto ao apoio social, comportamento da criança e percepção do impacto. O modelo Duplo ABCX foi útil na análise do ajustamento familiar. Quanto à estabilidade das variáveis, observou-se alta correlação entre a lª e a 2ª aplicação. O estudo apresenta relevância científica no que concerne à inclusão de grupos de famílias de crianças com necessidades distintas e homogêneas. As implicações práticas e as limitações do estudo são discutidas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.02.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NUNES, Célia Cristina; MARTURANO, Edna Maria. Famílias de crianças em idade escolar com deficiência intelectual, dificuldades de aprendizagem ou desenvolvimento típico: comportamento, estresse materno, apoio social e percepção de impacto familiar. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Nunes, C. C., & Marturano, E. M. (2011). Famílias de crianças em idade escolar com deficiência intelectual, dificuldades de aprendizagem ou desenvolvimento típico: comportamento, estresse materno, apoio social e percepção de impacto familiar. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Nunes CC, Marturano EM. Famílias de crianças em idade escolar com deficiência intelectual, dificuldades de aprendizagem ou desenvolvimento típico: comportamento, estresse materno, apoio social e percepção de impacto familiar. 2011 ;
    • Vancouver

      Nunes CC, Marturano EM. Famílias de crianças em idade escolar com deficiência intelectual, dificuldades de aprendizagem ou desenvolvimento típico: comportamento, estresse materno, apoio social e percepção de impacto familiar. 2011 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019