Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Respostas hemodinâmicas à estimulação elétrica do nervo depressor aórtico em ratos acordados com hipertensão arterial induzida pelo L-NAME (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: DURAND, MARINA DE TOLEDO - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: ESTIMULAÇÃO ELÉTRICA; PRESSORECEPTORES; ÓXIDO NÍTRICO; SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO
  • Language: Português
  • Abstract: FUNDAMENTAÇÃO: O controle barorreflexo da função autonómica quando há deficiência da produção de óxido nítrico (NO), como, por exemplo, na hipertensão induzida pelo N-nitro-L-arginina metil ester (L-NAME), ainda é assunto controvertido. Portanto, estudos complementares são necessários para melhor caracterização do controle reflexo da atividade simpático e parassimpática nesse modelo de hipertensão arterial. OBJETIVOS: O presente estudo investigou as respostas hipotensora e bradicárdica reflexos produzidas pela estimulação elétrica do nervo depressor aórtico (NDA) em ratos tratados cronicamente com L-NAME, na ausência ou na presença de antagonistas autonómicos. METODOLOGIA: Os animais foram tratados com L-NAME (70 mg/kg/dia), dissolvido na água de beber, durante 14 dias. Na véspera dos experimentes, os animais foram anestesiados (tiopental 50 mg/kg, i.p.) para cateterização da artéria e veia femorais e implantação de eletrodos bipolares no NDA para a estimulação elétrica. A estimulação elétrica do NDA em ratos acordados normotensos e hipertensos L-NAME foi aplicada durante 20 segundos (1 mA, 2 ms, 5, 15, 30, 60 e 90 Hz), antes e após a administração de metilatropina, atenolol, ou prazosin sozinhos ou em combinação. Para contornar o efeito hipotensor causado pelo bloqueio ‘‘alfa’ IND. 1’ adrenérgico foi administrado também prazosin associado à angiotensina II. RESULTADOS: A resposta hipotensora à estimulação elétrica progressiva (5-90 Hz) foi maior nos ratos hipertensos L-NAME (27± 2 a -64 ± 3 mmHg) em comparação aos ratos normotensos (-17±1 a -46±2 mmHg), enquanto a resposta bradicárdica foi semelhante nos dois grupos (-34±5 a -92±9 bpm e -21±2 a -79±7 bpm, respectivamente). Metilatropina e atenolol não produziram nenhum efeito na resposta hipotensora em ambos os grupos. Metilatropina produziu uma acentuada atenuação da resposta bradicárdica em ambos os grupos, enquanto oatenolol atenuou a resposta bradicárdica apenas dos ratos hipertensos L-NAME. Prazosin atenuou a resposta hipotensora em ambos, normotensos (43%) e hipertensos L-NAME (53%), mas não afetou a resposta bradicárdica em nenhum grupo. Prazosin associado à angiotensina II, a qual foi utilizada para restaurar a pressão arterial aos níveis basais, produziu respostas hemodinamicas semelhantes ao prazosin administrado isoladamente. O triplo bloqueio farmacológico aboliu a resposta bradicárdica em ambos os grupos, porém, após o triplo bloqueio, a estimulação elétrica do NDA ainda produziu resposta hipotensora residual similar nos ratos hipertensos L-NAME (-13±2 a -27±2 mmHg) e normotensos (-10±1 para -25±3 mmHg). CONCLUSÕES: Os resultados obtidas mostraram que a estimulação elétrica do NDA produziu redução da pressão arterial e freqüência cardíaca mediadas pelo barorreflexo preservados nos ratos hipertensos L-NAME acordados. Além disso, a retirada da atividade simpático cardíaca desempenhou um papel relevante na bradicardia reflexa nos ratos hipertensos LNAME. A queda residual da pressão arterial causada pela estimulação do NDA, após o triplo bloqueio farmacológico, sugere o envolvimento de um mecanismo vasodilatador não relacionado ao NO e à desativação dos receptores ‘‘alfa’ IND.1’adrenérgicos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.12.2010

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200056819
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DURAND, Marina de Toledo; SALGADO, Helio Cesar. Respostas hemodinâmicas à estimulação elétrica do nervo depressor aórtico em ratos acordados com hipertensão arterial induzida pelo L-NAME. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010.
    • APA

      Durand, M. de T., & Salgado, H. C. (2010). Respostas hemodinâmicas à estimulação elétrica do nervo depressor aórtico em ratos acordados com hipertensão arterial induzida pelo L-NAME. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Durand M de T, Salgado HC. Respostas hemodinâmicas à estimulação elétrica do nervo depressor aórtico em ratos acordados com hipertensão arterial induzida pelo L-NAME. 2010 ;
    • Vancouver

      Durand M de T, Salgado HC. Respostas hemodinâmicas à estimulação elétrica do nervo depressor aórtico em ratos acordados com hipertensão arterial induzida pelo L-NAME. 2010 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: