Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise de acessibilidade do sistema de transporte público urbano: estudo de caso na cidade de São Carlos-SP (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PIANUCCI, MARCELA NAVARRO - EESC
  • USP Schools: EESC
  • Sigla do Departamento: STT
  • Subjects: TRANSPORTE PÚBLICO; ACESSIBILIDADE AO MEIO FÍSICO; SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA
  • Language: Português
  • Abstract: Em razão da existência de problemas que afetam o sistema de transporte público urbano no Brasil, tais como, o aumento da população, o acelerado crescimento das cidades e a falta de planejamento urbano houve uma diminuição na qualidade do serviço de transporte. Diante desse quadro, apresenta-se nesta pesquisa um método para avaliar a acessibilidade do sistema de transporte público por ônibus nas cidades, a fim de auxiliar na tomada de decisões em relação ao planejamento urbano e, consequentemente, melhorias no serviço. Para a realização deste método foi necessário utilizar uma base de dados dos setores censitários do IBGE 2000 (renda), informações da pesquisa O-D (localização geográfica da residência dos usuários de ônibus), e a base de dados fornecidos pela administração municipal que continha a localização dos pontos de ônibus desta cidade. Com esses dados selecionados, foram gerados os mapas da localização dos usuários de ônibus e dos pontos de ônibus e, posteriormente, para melhor entendimento e análise dos dados, foram criados mapas temáticos da renda dos usuários, da distância mínima de caminhada até o ponto de ônibus mais próximo e o das distâncias entre pontos de ônibus. Foi realizado um estudo de caso do método proposto na cidade de São Carlos-SP, utilizando o SIG TransCAD versão 4.8 para organização, tratamento e análise dos dados, permitiu caracterizar de forma eficaz o comportamento dos dados, pois se apresentavam de forma desagregada. O resultado geral sobre a acessibilidade do sistema de ônibus desta cidade, considerando a distância de caminhada e a renda dos usuários foi que, na maioria das zonas, os usuários de ônibus precisam caminhar no máximo 300 m para ter acesso ao sistema de transporte e possuem uma renda média mensal da ordem de três salários mínimos. Outro resultado obtido foi queaproximadamente 90% dos pontos de parada distanciam-se de 200 a 300 metros. Como conclusão geral deste estudo, pode-se dizer que o método desenvolvido poderá contribuir com o poder público municipal no planejamento urbano futuro desta cidade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.05.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EESC31100115623TESE 7880
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PIANUCCI, Marcela Navarro; SEGANTINE, Paulo César Lima. Análise de acessibilidade do sistema de transporte público urbano: estudo de caso na cidade de São Carlos-SP. 2011.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18143/tde-06062011-163239/pt-br.php >.
    • APA

      Pianucci, M. N., & Segantine, P. C. L. (2011). Análise de acessibilidade do sistema de transporte público urbano: estudo de caso na cidade de São Carlos-SP. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18143/tde-06062011-163239/pt-br.php
    • NLM

      Pianucci MN, Segantine PCL. Análise de acessibilidade do sistema de transporte público urbano: estudo de caso na cidade de São Carlos-SP [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18143/tde-06062011-163239/pt-br.php
    • Vancouver

      Pianucci MN, Segantine PCL. Análise de acessibilidade do sistema de transporte público urbano: estudo de caso na cidade de São Carlos-SP [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18143/tde-06062011-163239/pt-br.php