Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Trabalho e saúde:: estudo com médicos do Sistema Único de Saúde de Jaguariúna (SP), na perspectiva da clínica da atividade (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CHIAVEGATO FILHO, LUIZ GONZAGA - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: SAÚDE OCUPACIONAL; PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL; MÉDICOS; SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE
  • Language: Português
  • Abstract: As mudanças registradas nas últimas décadas no universo do trabalho afetaram distintas categorias de trabalhadores. Com a categoria médica não foi diferente. O grande desenvolvimento tecnológico, voltado para a medicina e para a indústria farmacêutica, acrescida do crescimento das empresas compradoras de serviços médicos, compõe um novo cenário que altera o processo, a organização e as relações trabalhistas desta categoria profissional, o que repercute nas condições de trabalho e na saúde dos trabalhadores. Tomando como referência está quadro de mudanças, esta pesquisa objetivou investigar as relações entre o trabalho e a saúde dá médicos do Sistema Único de Saúde do município de Jaguariúna (SP). A pesquisa de caráter qualitativo teve como principal técnica de coleta de dados a entrevista (individuais abertas e baseadas no método de instrução ao sósia). Ao todo foram entrevistados quinze (15) médicos e dois (2) gestores da Secretaria de Saúde do município. Os dados obtidos revelaram que aqueles profissionais estão submetidos a um processo de trabalho, baseado no modelo de medicina tecnológica, que Ihes tira a autonomia para gerir o próprio trabalho, os sobrecarregam e os expõem a situações de muita pressão. Tal condição faz com que os médicos não se sintam realizados e nem, algumas vezes, se reconheçam no próprio trabalho, além dos relatos dá ausência de apoio dos colegas para execução das tarefas e reconhecimento por parte das chefias e pacientes, o que representa um empobrecimento da identidade profissional e a vivência de uma atividade de trabalho contrariada. De acordo com os depoimentos, as condições e a organização do trabalho, de maneira geral, interferem nas condições de vida e saúde daqueles médicos. Hipertensão e transtornos mentais comuns, sob a forma de stress, ansiedade e depressão foram os principais problemas de saúde que os entrevistados relataram sofrer, porémnem todos os identificaram como relacionados ao trabalho
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.04.2011

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCLRP20800042255Chiavegato Filho, Luiz Gonzaga
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CHIAVEGATO FILHO, Luiz Gonzaga; NAVARRO, Vera Lucia. Trabalho e saúde:: estudo com médicos do Sistema Único de Saúde de Jaguariúna (SP), na perspectiva da clínica da atividade. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Chiavegato Filho, L. G., & Navarro, V. L. (2011). Trabalho e saúde:: estudo com médicos do Sistema Único de Saúde de Jaguariúna (SP), na perspectiva da clínica da atividade. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Chiavegato Filho LG, Navarro VL. Trabalho e saúde:: estudo com médicos do Sistema Único de Saúde de Jaguariúna (SP), na perspectiva da clínica da atividade. 2011 ;
    • Vancouver

      Chiavegato Filho LG, Navarro VL. Trabalho e saúde:: estudo com médicos do Sistema Único de Saúde de Jaguariúna (SP), na perspectiva da clínica da atividade. 2011 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: