Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A estratégia de saúde da família e as internações por condições sensíveis à atenção primária (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: YASUDA, AGNES MERI - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: SAÚDE DA FAMÍLIA; COBERTURA DE SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE; ATENÇÃO À SAÚDE
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: A Estratégia de Saúde da Família que inicialmente era chamada de Programa de Saúde da Família, mantém sua ampliação em todo território nacional, enquanto políticas publicas para avaliação de sua efetividade, eficácia e qualidade vêm sendo institucionalizadas afim de mensurar o impacto desta nova forma de fornecer Atenção Primária (AP). As Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária são um novo instrumento para avaliação da A.P. e da utilização da assistência hospitalar. OBJETIVO: Correlacionar a cobertura da ESF nos municípios do Departamento Regional de Saúde XIII com as proporções de Internações por Condições Sensíveis a Atenção Primária. Avaliar o financiamento destas internações. MATERIAIS E MÉTODOS: utilizamos o banco de dados do Centro de Processamento de Dados Hospitalares do Departamento de Medicina Social da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP para obter o numero de internações totais em cada cidade, o numero de ICSAP pela classificação da CID 10, nos anos de 2002 a 2007, em 25 municípios do DRS-13, assim como a fonte pagadora por estas internações. Através do DATASUS obtivemos a porcentagem de cobertura da ESF nestes anos para cada cidade. A análise consistiu em gráficos de proporções de cobertura populacional por equipes de saúde da família, proporções de internações por condições sensíveis a atenção primária no período estudado segundo os municípios da região e aplicação do coeficiente de correlação de Pearson . RESULTADO E CONCLUSÃO: Nosso estudo encontrou uma taxa de 16% de ICSAP no DRS, com tendência a diminuir, caindo no período de seis anos do estudo, de 16,9 até 14,69%. A relação entre aumento da cobertura da ESF e diminuição da taxa de ICSAP foi encontrada em 9 cidades, pelo menos em algum dos anos estudados. Uma relação inversa, de queda da cobertura da ESF e queda das internações foi vista em 8 cidades.Quanto ao financiamento, observamos claro predomínio do SUS em 15 municípios. SUS e outras formas de medicina privada foram semelhantes em 5 cidades do departamento regional. Apenas em duas cidades, Jardinópolis e Sertãozinho os convênios e particulares contaram com a maior despesa pelas internações. Através de nosso estudo podemos inferir que existe mesmo uma relação entre a cobertura da ESF e as ICSAP, mas que esta está permeada por diversos outros fatores, e que alta cobertura não se traduz em alta qualidade, sendo necessários mais estudos, voltados para avaliação de qualidade dos serviços para que no futuro estas internações possam ser utilizadas como um indicador de saúde
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.02.2011

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200056840Yasuda, Agnes Meri
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      YASUDA, Agnes Meri; ORSTER, Aldaísa Cassanho. A estratégia de saúde da família e as internações por condições sensíveis à atenção primária. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Yasuda, A. M., & orster, A. C. (2011). A estratégia de saúde da família e as internações por condições sensíveis à atenção primária. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Yasuda AM, orster AC. A estratégia de saúde da família e as internações por condições sensíveis à atenção primária. 2011 ;
    • Vancouver

      Yasuda AM, orster AC. A estratégia de saúde da família e as internações por condições sensíveis à atenção primária. 2011 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: