Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Influência da salinidade e das poliaminas exógenas nas características cinéticas da ('Na POT. +', 'K POT. +')-ATPase branquial do ermitão Clibanarius vittatus (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LUCENA, MALSON NEILSON DE - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: CRUSTÁCEOS; CARANGUEJO; ACLIMATAÇÃO; ENZIMOLOGIA; BIOQUÍMICA
  • Language: Português
  • Abstract: Para uma melhor compreensão dos mecanismos envolvidos na osmorregulação e excreção de amônia, bem como da regulação da atividade da (‘Na POT. +’‘K POT. +’)-ATPase branquial em resposta à alteração da salinidade do meio externo, neste trabalho foi realizada a caracterização cinética da (‘Na POT. +’‘K POT. +’)-ATPase branquial do ermitão Clibanarius vittatus aclimatado a ‘45 partes por mil’. A fiação microsomal branquial de C. vittatus aclimatado a ‘Na POT. +’‘K POT. +’ foi analisada em gradiente contínuo de sacarose e revelou uma fiação com atividade ‘K POT. +’-fosfatase e duas fiações com atividade ATPase. A análise por Western blottig revelou a presença de uma única isoforma da subunidade ‘alfa’ tanto na preparação do animal recém capturado quanto do animal aclimatado, porém a expressão é 1,8 vezes maior nos animais aclimatados, ao contrário da atividade específica que é maior nos animais recém capturados. A hemolinfa dos animais aclimatados apresentou uma osmolalidade de 1102,5 ± 22,1 mOsm ‘kg POT. –1’ ‘H IND. 2’O. Após dez dias de aclimatação, as concentrações de ‘Na POT. +’, ‘K POT. +’ e ‘Mg POT. 2+’ não retornaram aos valores das condições iniciais, enquanto a concentração do íon ‘Ca POT. 2+’ retornou a valores semelhantes aos animais recém capturados. A caracterização cinética da atividade K POT. +’-fosfatase da enzima, revelou que a (‘Na POT. +’,‘K POT. +’)-ATPase hidroliza o PNFF (V= 19,46 ± 0,97 U ‘mg POT. -1’ e ‘K IND. 0,5’ = 0,99 ± 0,05 mmol ‘L POT. –1’) através de interações cooperativas (‘n IND. H’= 1,2). A modulação da enzima pelos íons magnésio (V= 21,66 ± 1,08 U ‘mg POT. -1’ e ‘K IND. 0,5’ = 0,88 ± 0,04 mmol ‘L POT. –1’), potássio (V= 18,38 ± 1,38 U ‘mg POT. -1’ e ‘K IND. 0,5’= 3,55 ± 0,18 mmol ‘L IND. -1’) e amônio (V= 17,15 ± 4,0 U ‘mg IND. -1’e ‘K IND. 0,5’ = 20,1 ± 1,00 mmol ‘L POT. -1’) ocorreu através de interações sitio-sitio. Os tons sódio atuaram como inibidores da atividade ‘K POT. +’-fosfatase da enzima (‘K IND. l’= 1,025 ± 0,05 mmol ‘L POT. -1’) e a ouabaína inibiu cerca de 60% da atividade ‘K POT.+’-fosfatase, independemente da presença de íons amônio. A atividade ‘K POT.+’-fosfatase da (‘Na POT. +’,‘K POT. +’)-ATPase foi estimulada sinergisticamente pelos tons potássio e amônio aumentando a atividade especifica em 30%. A hidrólise do ATP pela enzima presente nos microsomas de C. vittatus aclimatado a ’45 partes por mil’ de salinidade ocorreu em sítios de alta afinidade (V = 46,55 ± 3,5 U ‘mg POT. -1’) e (‘K IND. 0,5’= 7,07 ± 0,01 ‘mü’mol ‘L -1’) e também em sítios de baixa afinidade (V = 108,12 ± 2,5 U ‘mg POT. -1’) e (‘K IND. 0,5’= 34,1 ± 1,7 ‘mü’mol ‘L POT. -1’). Em ambos os sítios a estimulação da atividade pelo substrato ocorreu com cooperatividade positiva. A estimulação da atividade (‘Na POT. +’,‘K POT. +’)-ATPase da enzima pelo ‘Mg POT. 2+’ (V= 113,6 ± 2,9 U ‘mg POT. -1’, ‘K IND. 0,5’= 0,54 ± 0,42 mmol ‘L POT. -1’), ‘K POT. +’ (V= 115,21 ± 2,7 U ‘mg POT. -1’; ‘K IND. 0,5’= 0,79 ± 0,01 mmol ‘L POT. -1’) e ‘‘NH IND. 4’ POT. +’ (V= 153,45 ± 2,8 U ‘mg POT. -1’; ‘K IND. 0,5’= 6,04 ± 0,02 mmol ‘L POT. -1’) ocorreu através de interações sítio-sítio. A estimulação por ‘Na POT. +’ (V= 119,95 ± 3,1 U ‘mg POT. -1’; ‘K IND. M’= 2,54 ± 0,03 mmol ‘L POT. -1’) apresentou comportamento michaeli ano . A (‘Na POT. +’,’K POT. +’)-ATPase foi estimulada sinergisticamente por ‘K POT. +’ e ‘‘NH POT. 4’ IND. +’ em torno de 45% . A ouabaína inibiu cerca de 78% da atividade ATPase total, com ‘K IND 1,’= 464,69 ± 23,23 ‘mü’mol ‘L POT. -1’. A ação de diferentes inibidoressobre as atividades ATPase revelou a presença de ‘Ca POT. 2+’-ATPase, ‘Na POT. +’-ATPase e fosfatases neutras. As poliaminas inibiram a atividade (‘Na POT. +’ ,‘K POT. +’)-ATPase da fiação microsomal de C. vittatus, sendo que a espermidina apresentou uma maior inibição (45%) quando comparada com a da espermina (32%). A presença de poliaminas no meio reacional alterou a afinidade da enzima para o ATP, ‘Na POT. +’, ‘K POT. +’, ‘‘NH IND. 4’ POT. +’ e para a ouabaína. Este estudo mostrou que a variação da salinidade representa um importante fator na regulação da (‘Na POT. +’,‘K POT. +’)-ATPase para o ermitão C. vittatus e que esta enzima é muito importante não apensas na capacidade de adaptação em meios mais salinos, mas também na excreção de íons amônio, que para estes animais são particularmente mais perigosos por causa do microambiente da concha. Além disso, este estudo revelou que as poliaminas podem também estar envolvidas na regulação da (‘Na POT. +’,‘K POT. +’)ATPase
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.02.2011

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200056942Lucena, Malson Neilson de
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LUCENA, Malson Neilson de; LEONE, Francisco de Assis. Influência da salinidade e das poliaminas exógenas nas características cinéticas da ('Na POT. +', 'K POT. +')-ATPase branquial do ermitão Clibanarius vittatus. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Lucena, M. N. de, & Leone, F. de A. (2011). Influência da salinidade e das poliaminas exógenas nas características cinéticas da ('Na POT. +', 'K POT. +')-ATPase branquial do ermitão Clibanarius vittatus. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Lucena MN de, Leone F de A. Influência da salinidade e das poliaminas exógenas nas características cinéticas da ('Na POT. +', 'K POT. +')-ATPase branquial do ermitão Clibanarius vittatus. 2011 ;
    • Vancouver

      Lucena MN de, Leone F de A. Influência da salinidade e das poliaminas exógenas nas características cinéticas da ('Na POT. +', 'K POT. +')-ATPase branquial do ermitão Clibanarius vittatus. 2011 ;