Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Caracterização, quantificação e estudo relação da retenção-propriedade anti-oxidante (QRPR) de antocianinas em extratos de morango (Fragaria vesca) por cromatografia líquida de alta eficiência (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CANUTO, GISELE ANDRé BAPTISTA - IQ
  • USP Schools: IQ
  • Sigla do Departamento: QFL
  • Subjects: FLAVONÓIDES; CROMATOGRAFIA LÍQUIDA DE ALTA EFICIÊNCIA
  • Language: Português
  • Abstract: Antocianinas são pigmentos solúveis em água, pertencente à classe dos flavonoides. Podem ser encontradas nas formas glicosiladas e não-glicosiladas. A diversidade destas ocorre devido ao número e à posição de hidroxilas, metoxilas e açúcares na cadeia carbônica. São altamente instáveis e suscetíveis de degradação. O interesse no estudo é decorrente dos possíveis efeitos anticarcinogênico, antimicrobiano, antimutagênico e anti-oxidante. A atividade anti-oxidante está associada à capacidade que possuem em doar hidrogênios e elétrons a radicais livres. A CLAE tem sido a técnica mais indicada para análise destes pigmentos e, acoplada ao detector de arranjo de diodos, obtêm-se espectros dos compostos separados, conseguindo-se alta seletividade. Este trabalho tem como objetivos: otimizar a separação de oito antocianinas por CLAE-FR, otimizar a extração e estudar a hidrólise desses compostos em morango e medir a atividade anti-oxidante por derivatização pós-coluna, para estudo da relação retenção-propriedade anti-oxidante. A separação foi otimizada avaliando-se a composição e vazão da fase móvel, tempo de retenção das antocianinas e temperatura da coluna. O ótimo foi obtido com gradiente de eluição (25-55 %B) por 30 minutos, sendo: A - água e B - metanol ambos com HCl 0,1 % (v/v), coluna C18 mantida à 30ºC, vazão da fase móvel de ´1,0 mL minPOT.-1´ e identificação dos pigmentos a 522 nm. Extrações sólido-líquido, líquido-líquido e SPE foram testadas em amostras de morango. O processotambém envolveu a seleção de solvente e ácido. A extração sólido-líquido apresentou maior eficiência. Polpas de morangos foram misturadas com solução de MeOH:HCl 5,5 % (v/v) e levadas ao ultrassom (20 ºC) por 10 minutos, procedimento repetido cinco vezes. A estabilidade do extrato foi avaliada por submissão do mesmo a altas temperaturas (80, 90 e 100 ºC) durante longo tempo e estocagem em freezer, geladeira e temperatura ambiente, mostrando que a degradação das antocianinas segue cinética de reação de primeira ordem. Para obtenção das agliconas foram executados ensaios de hidrólise ácida. O mecanismo da hidrólise da pelargonidina-3-glicosídeo foi avaliado e chegou-se a ótima condição de: extrato/HCl ´8 mol LPOT.-1´ (1:1, v/v) por 60 minutos a 100 ºC. No método desenvolvido, avaliou-se: linearidade, LD, LQ, exatidão, precisão e robustez. Por fim, desenvolveram-se estudos de medida da atividade anti-oxidante, por método de detecção online, acoplando um sistema de injeção em fluxo ao de separação, misturando uma solução de ABTS•+ (100 µmol ´LPOT.-1´) sob vazão de ´1,27 mL minPOT.-1´ aos compostos eluídos pela coluna cromatográfica. O resultado de curvas de calibração das antocianinas comparado ao padrão de referência (Trolox) indicou que o poder anti-oxidante de cada substância diminui na ordem: cianidina-3-glicosídeo, pelargonidina-3-glicosídeo, malvidina-3-glicosídeo, cianidina-3,5-diglicosídeo, delfinidina, cianidina, malvidina e pelargonidina. Um estudo teórico, baseado nestepoder e na retenção dos compostos demonstrou que uma diminuição da retenção, por aumento na polaridade da molécula, implica em diminuição do poder anti-oxidante e ainda, relacionou o poder às características de ressonância, afetada pelos ângulos entre os sistemas de conjugação, bem como solvatação de grupos hidroxilas ligados à estrutura carbônica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.04.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CQ30100018043T543.0894 C235c
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CANUTO, Gisele André Baptista; TAVARES, Marina Franco Maggi. Caracterização, quantificação e estudo relação da retenção-propriedade anti-oxidante (QRPR) de antocianinas em extratos de morango (Fragaria vesca) por cromatografia líquida de alta eficiência. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-25052011-150630/ >.
    • APA

      Canuto, G. A. B., & Tavares, M. F. M. (2011). Caracterização, quantificação e estudo relação da retenção-propriedade anti-oxidante (QRPR) de antocianinas em extratos de morango (Fragaria vesca) por cromatografia líquida de alta eficiência. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-25052011-150630/
    • NLM

      Canuto GAB, Tavares MFM. Caracterização, quantificação e estudo relação da retenção-propriedade anti-oxidante (QRPR) de antocianinas em extratos de morango (Fragaria vesca) por cromatografia líquida de alta eficiência [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-25052011-150630/
    • Vancouver

      Canuto GAB, Tavares MFM. Caracterização, quantificação e estudo relação da retenção-propriedade anti-oxidante (QRPR) de antocianinas em extratos de morango (Fragaria vesca) por cromatografia líquida de alta eficiência [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-25052011-150630/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: