Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Individuação e escolarização de crianças de 0 a 5 anos: um cenário dinâmico no palco da abordagem histórico-cultural (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ROMANELLI, NANCY - FE
  • USP Schools: FE
  • Sigla do Departamento: EDM
  • Subjects: ESCOLARIZAÇÃO; EDUCAÇÃO INFANTIL
  • Language: Português
  • Abstract: A presente dissertação persegue dois objetivos interligados: o primeiro é examinar o vínculo existente entre individuação e escolarização, em crianças de 0 a 5 anos, tomando como referência certo conjunto de contribuições conceituais e metodológicas formuladas por Lev Vigotski; e o segundo é extrair algumas consequências teóricas desse vínculo, para o trabalho pedagógico na educação infantil. Para tal, foram adotadas duas linhas investigativas: uma diz respeito ao resgate do papel crucial da perspectiva dialético-marxista na psicologia histórico-cultural; e outra busca identificar possíveis interfaces entre temas vigotskianos (o desenvolvimento das funções psíquicas superiores, o vínculo pensamento-linguagem, o papel da imaginação na formação da consciência) e os processos de individuação e escolarização na educação infantil. Foram consultados como principais fontes de dados diversos escritos de Vigotski e de comentadores de sua obra. Pôde-se chegar às seguintes conclusões: o vínculo individuação-escolarização, na criança de 0 a 5 anos, está diretamente relacionado à internalização da palavra (especialmente, a apreensão dos conceitos espontâneos), aos sentidos partilhados nas vivências escolares e ao papel da imitação no desenvolvimento da imaginação; o processo de individuação é potencializado quando o educador, atento à função da palavra na formação da consciência da criança, estimula o movimento corporal, a espontaneidade e a curiosidade por meio de diversas formas deexpressão artística, brincadeiras e outras atividades com clara função social. Finalizando, destaca-se a importância da dimensão metodológica nos estudos de cunho histórico-cultural, aponta-se que a análise crítica do educador a respeito de sua própria atividade reverbera diretamente nos processos de individuação e escolarização das crianças, e se chama a atenção para o problema da transposição, na educação de crianças de 0 a 5 anos, de estudos vigotskianos, a respeito do desenvolvimento do pensamento, realizados com crianças a partir dos 7 anos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.05.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FE2050008602537.046 R758i
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ROMANELLI, Nancy; MRECH, Leny Magalhães. Individuação e escolarização de crianças de 0 a 5 anos: um cenário dinâmico no palco da abordagem histórico-cultural. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-06072011-100943/ >.
    • APA

      Romanelli, N., & Mrech, L. M. (2011). Individuação e escolarização de crianças de 0 a 5 anos: um cenário dinâmico no palco da abordagem histórico-cultural. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-06072011-100943/
    • NLM

      Romanelli N, Mrech LM. Individuação e escolarização de crianças de 0 a 5 anos: um cenário dinâmico no palco da abordagem histórico-cultural [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-06072011-100943/
    • Vancouver

      Romanelli N, Mrech LM. Individuação e escolarização de crianças de 0 a 5 anos: um cenário dinâmico no palco da abordagem histórico-cultural [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-06072011-100943/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: