Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise da manutenção de integridade estrutural de órgãos dentários e a influência de diferentes métodos de descontaminação e armazenamento (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FREITAS, ADRIANA RODRIGUES DE - FOB
  • USP Schools: FOB
  • Subjects: CONTROLE DE INFECÇÕES; BANCOS DE DENTE; DENTE (ARMAZENAGEM)
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo teve como proposta analisar a efetividade e a influência de diferentes métodos de descontaminação e armazenamento de dentes humanos, visando à manutenção de suas propriedades e integridade estrutural. A amostra foi constituída por 126 molares hígidos recém-extraídos, cedidos ao Banco de Dentes Humanos da FOB-USP, que foram distribuídos de forma randômica em 4 grupos de acordo com o método de processamento empregado: controle - água destilada, timol a 0,1%, azida de sódio a 0,02% e autoclave. Foram realizados testes microbiológicos (07, 15 e 30 dias), de fluorescência a laser e de microdureza de superfície (0, 15 e 30 dias). A análise do teste microbiológico foi realizada de modo qualitativo (presença ou ausência de crescimento bacteriano) e quantitativo (frequências absolutas e relativas), enquanto nos testes de fluorescência a laser e microdureza de superfície houve a aplicação de Análise de Variância e teste de Tukey (p<0,05). Na análise microbiológica a autoclave foi o único método capaz de inibir o crescimento bacteriano, em todos os períodos. No teste de fluorescência a laser a solução de timol a 0,1% se mostrou mais viável na manutenção da integridade do órgão dentário, uma vez que não apresentou variações significativas nos valores de fluorescência a laser entre os tempos analisados (p>0,05). A análise de microdureza de superfície evidenciou a perda de estrutura dentária em todos os métodos utilizados, sendo que a azida de sódio permitiu uma menor perda de tecido dentário, entretanto este método promoveu perda de estrutura dentária nos espécimes entre o tempo 0 e 15 dias (de 440,20±19,75, para 247,40±21,09), e reendurecimento da superfície dentária entre o tempo 15 e 30 dias (276,93±13,37)Dentre os métodos de processamento analisados nenhum foi capaz de aliar a efetividade na descontaminação e no armazenamento com a manutenção da integridade estrutural dos órgãos dentários
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.04.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FOB11600028779F884a
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FREITAS, Adriana Rodrigues de; SALES PERES, Sílvia Helena de Carvalho. Análise da manutenção de integridade estrutural de órgãos dentários e a influência de diferentes métodos de descontaminação e armazenamento. 2011.Universidade de São Paulo, Bauru, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25144/tde-07072011-153006/pt-br.php >.
    • APA

      Freitas, A. R. de, & Sales Peres, S. H. de C. (2011). Análise da manutenção de integridade estrutural de órgãos dentários e a influência de diferentes métodos de descontaminação e armazenamento. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25144/tde-07072011-153006/pt-br.php
    • NLM

      Freitas AR de, Sales Peres SH de C. Análise da manutenção de integridade estrutural de órgãos dentários e a influência de diferentes métodos de descontaminação e armazenamento [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25144/tde-07072011-153006/pt-br.php
    • Vancouver

      Freitas AR de, Sales Peres SH de C. Análise da manutenção de integridade estrutural de órgãos dentários e a influência de diferentes métodos de descontaminação e armazenamento [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25144/tde-07072011-153006/pt-br.php