Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Concreto auto-adensável: caracterização da evolução das propriedades mecânicas e estudo da sua deformabilidade por solicitação mecânica, retração e fluência (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MARQUES, ANA CAROLINA - EP
  • USP Schools: EP
  • Sigla do Departamento: PEF
  • Subjects: CONCRETO AUTOADENSÁVEL; FLUÊNCIA DOS MATERIAIS; CONCRETO PROTENDIDO
  • Language: Português
  • Abstract: O concreto auto-adensável (CAA) é um material novo cujas propriedades mecânicas precisam ser estudadas. A maior quantidade de argamassa o torna mais deformável e os modelos de previsão disponíveis na literatura podem não ser adequados para prever esta propriedade. Além disso, os modelos de previsão disponíveis na norma brasileira não levam em consideração os concretos especiais. Embora existam resultados experimentais de propriedades como fluência e retração em vários países, estes podem não apresentar o mesmo comportamento que os concretos nacionais, pois existe variação entre os materiais que compõem o concreto de uma região para outra. O objetivo deste trabalho é estudar a deformabilidade ao longo do tempo do CAA. Este estudo envolve aspectos de sua caracterização por meio de ensaios em laboratório, de retração, de fluência e de outras propriedades mecânicas como resistência à compressão, resistência á tração e módulo de elasticidade. Para o ensaio de fluência foram avaliadas as influências das condições ambientais e idade de carregamento. A partir dos resultados obtidos experimentalmente, foi feita a sua comparação com os modelos disponíveis na literatura. O estudo da deformação do CAA também foi feito por meio da monitoração de uma viga protótipo protendida, seguida da comparação das deformações medidas com as obtidas por um programa de elementos finitos. A partir dos resultados experimentais, observa-se que dentre os modelos de previsão de fluência e retração estudados, o que mais se adéqua aos resultados obtidos experimentalmente, é o fornecido pelo ACI e GL. A utilização do modelo de previsão do ACI pelo programa de elementos finitos gerou bons resultados de previsão de deformações e flechas quando comparados com os resultados medidos.Em relação à função de fluência, nota-se que a norma brasileira é adequada para o concreto estudado.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.04.2011
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARQUES, Ana Carolina; BITTENCOURT, Túlio Nogueira. Concreto auto-adensável: caracterização da evolução das propriedades mecânicas e estudo da sua deformabilidade por solicitação mecânica, retração e fluência. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3144/tde-08072011-160707/pt-br.php >.
    • APA

      Marques, A. C., & Bittencourt, T. N. (2011). Concreto auto-adensável: caracterização da evolução das propriedades mecânicas e estudo da sua deformabilidade por solicitação mecânica, retração e fluência. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3144/tde-08072011-160707/pt-br.php
    • NLM

      Marques AC, Bittencourt TN. Concreto auto-adensável: caracterização da evolução das propriedades mecânicas e estudo da sua deformabilidade por solicitação mecânica, retração e fluência [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3144/tde-08072011-160707/pt-br.php
    • Vancouver

      Marques AC, Bittencourt TN. Concreto auto-adensável: caracterização da evolução das propriedades mecânicas e estudo da sua deformabilidade por solicitação mecânica, retração e fluência [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3144/tde-08072011-160707/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019