Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Caracterização e inserção profissional de egressos do curso de graduação em obstetrícia da Universidade de São Paulo (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: TRINTINALIA, MARYAM MICHELLE JARROUGE - EE
  • USP Schools: EE
  • Subjects: ENFERMAGEM OBSTÉTRICA (ESTUDO E ENSINO); CURSO DE GRADUAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A Organização Mundial de Saúde propõe características menos intervencionistas da assistência ao parto, enfatizando o papel das obstetrizes e enfermeiras obstétricas como as profissionais mais apropriadas para o acompanhamento das mulheres com gestação e parto normais. A Universidade de São Paulo (USP) iniciou, em 2005, o Curso de Graduação em Obstetrícia da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH-USP). Esse Curso nasceu com o desafio de reativar a formação do profissional obstetriz, visando a mudanças no modelo assistencial ao parto vigente. Objetivo: Conhecer a vivência acadêmica e a inserção profissional das(os) obstetrizes egressas(os) da primeira turma do Curso de Obstetrícia da EACH-USP. Método: Pesquisa de caráter exploratório e descritivo, com uma abordagem quantitativa e qualitativa. Para a abordagem qualitativa foi utilizado o Estudo de Caso. A amostra foi composta por 24 egressas(os) da primeira turma do Curso, de um universo de 44 formandas(os) que ingressaram em 2005. Os dados foram coletados no período de maio a agosto de 2010, por meio de entrevista gravada. O instrumento de coleta de dados foi composto por perguntas abertas e fechadas. A análise compreendeu a caracterização do perfil sócio-demográfico e econômico das(os) egressas(os) e sua trajetória acadêmica e profissional. Para análise dos dados foram utilizadas a estatística descritiva e a análise de conteúdo, adotando as concepções pedagógicas da EACH-USP, o Projeto Político-Pedagógicodo Curso de Obstetrícia e os estudos sobre egressos como marcos teóricos. Resultados: Identificou-se que a maioria das(os) egressas(os) eram mulheres, solteiras, jovens e residentes na cidade de São Paulo, com renda familiar em torno de três a dez salários mínimos, com formação escolar anterior em escolas privadas. Após a conclusão da graduação, 17 egressas(os) voltaram a estudar, sendo seis em cursos de mestrado ou doutorado, seis em outro curso de graduação e os demais em cursos de atualização. Havia 14 egressas(os) inseridas(os) no mercado de trabalho, mas apenas quatro atuando na Obstetrícia, devido aos impedimentos legais para obter o registro profissional de Obstetriz. Da análise qualitativa dos dados, extraíram-se as seguintes categorias: Curso de Obstetrícia; Opção pelo Curso de Obstetrícia; Vivência Acadêmica; Formação Acadêmica; Inserção no Mercado de Trabalho, Sugestões para Melhorar a Formação dos Alunos; Sugestões para Aproximar Ex e Atuais Alunos. Ao final do estudo, considerou-se que as(os) obstetrizes perceberam sua formação acadêmica como adequada para enfrentar o mercado de trabalho, mas destacaram limitações como a falta de maiores contatos profissionais durante o curso, a carga horária reduzida em disciplinas práticas e a infra-estrutura deficiente da EACH-USP, que foram parcialmente superadas ao longo do Curso. Os itens mais valorizados na vivência acadêmica foram a realização de estágios, a iniciação científica e o contato com os professores. Emrelação à inserção profissional, prevalece o discurso carregado de revolta e indignação com o Conselho Regional de Enfermagem, devido à resistência do órgão em reconhecer seu diploma para fins de registro profissional. Considerações Finais: O Curso de Obstetrícia da EACH-USP oferece um ensino de qualidade e forma obstetrizes com potencial para contribuir para a transformação da assistência obstétrica. Embora venham sendo feitas mudanças para aprimoramento do Curso, dificuldades relativas ao reconhecimento legal do exercício profissional das egressas representam ameaças à sua continuidade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.06.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EE10200020069T4076
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TRINTINALIA, Maryam Michelle Jarrouge; RIESCO, Maria Luiza Gonzalez. Caracterização e inserção profissional de egressos do curso de graduação em obstetrícia da Universidade de São Paulo. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-17082011-103213/ >.
    • APA

      Trintinalia, M. M. J., & Riesco, M. L. G. (2011). Caracterização e inserção profissional de egressos do curso de graduação em obstetrícia da Universidade de São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-17082011-103213/
    • NLM

      Trintinalia MMJ, Riesco MLG. Caracterização e inserção profissional de egressos do curso de graduação em obstetrícia da Universidade de São Paulo [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-17082011-103213/
    • Vancouver

      Trintinalia MMJ, Riesco MLG. Caracterização e inserção profissional de egressos do curso de graduação em obstetrícia da Universidade de São Paulo [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-17082011-103213/