Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Caracterização geoelétrica na região de Bebedouro-SP por meio de sondagens eletromagnéticas no domínio do tempo (TDEM) (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ALMEIDA, EMERSON RODRIGO - IAG
  • USP Schools: IAG
  • Sigla do Departamento: AGG
  • Subjects: SONDAGEM DOS SOLOS; HIDROGEOLOGIA; SONDAGEM DOS SOLOS; HIDROGEOLOGIA; AQUÍFEROS
  • Language: Português
  • Abstract: O método Eletromagnético no Domínio do Tempo (TDEM) vem sendo amplamente empregado ao redor do mundo para estudos de hidrogeologia, devido à sua grande profundidade de investigação e à sensibilidade do método na detecção de camadas condutivas. No Brasil sua aplicação ainda é incipiente, havendo poucos estudos publicados. A presente pesquisa empregou o método TDEM sobre rochas da Bacia Sedimentar do Paraná, na região de Bebedouro (SP). Esta região vem apresentando a ocorrência de surtos de sismos desde o ano de 2005, os quais podem estar sendo induzidos por poços profundos perfurados para exploração de água subterrânea. Na região de estudo existem duas áreas de atividade sísmica: a área de Andes e a área de Botafogo. A pesquisa teve como objetivos mapear a estratigrafia geoelétrica destas áreas, com ênfase no mapeamento da camada de basaltos e das eventuais zonas de fraturas com água em seu interior a fim de contribuir com os estudos sobre a origem das atividades sísmicas na região de Bebedouro. Foram adquiridas e modeladas 86 sondagens TDEM em adquiridas em sete etapas de campo ocorridas durante os anos de 2007, 2008 e 2010. Nos trabalhos de campo de 2010 adquiridas ainda um conjunto de 46 SEVs a fim de mapear o nível d'água no aquífero sedimentar raso e contribuir para a melhoria dos modelos geoelétricos provenientes dos dados TDEM. As sondagens TDEM permitiram mapear zonas fraturadas saturadas no interior da camada de basalto da Formação Serra Geral que coincidem com a profundidade estimada para os hipocentros dos tremores na região de estudos (Assumpção et al., 2010), bem como permitiram detectar o contrato da base do basalto com o arenito saturado da Formação Botucatu (Aquífero Guarani). Algumas sondagens indicaram a presença de estruturas 2D nas áreas sísmicas, sobretudo próximo aos poços de grande vazão na região de Andes. Estas estruturas foram modeladas como degraus no topo da (Continuação)(Continua) camada de basalto, mostrando variações bruscas na interface do basalto com as rochas da Formação Adamantina. A análise dos dados adquiridos em anos diferentes sugere que as zonas de fraturas no interior do basalto sejam muito localizadas e que o caráter migratório da concentração de eventos sísmicos observado na região pode estar associado à redução do volume de água que preenche algumas das zonas fraturadas do basalto. Os dados de TDEM foram comparados com outros dados geofísicos, tais como sísmica de refração e perfilagem térmica. A interpretação integrada desses resultados deu suporte para o modelo geoelétrico elaborado para a região de estudos, o qual apresenta uma boa concordância com as informações litológicas de poços.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.03.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALMEIDA, Emerson Rodrigo; PORSANI, Jorge Luís. Caracterização geoelétrica na região de Bebedouro-SP por meio de sondagens eletromagnéticas no domínio do tempo (TDEM). 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.
    • APA

      Almeida, E. R., & Porsani, J. L. (2011). Caracterização geoelétrica na região de Bebedouro-SP por meio de sondagens eletromagnéticas no domínio do tempo (TDEM). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Almeida ER, Porsani JL. Caracterização geoelétrica na região de Bebedouro-SP por meio de sondagens eletromagnéticas no domínio do tempo (TDEM). 2011 ;
    • Vancouver

      Almeida ER, Porsani JL. Caracterização geoelétrica na região de Bebedouro-SP por meio de sondagens eletromagnéticas no domínio do tempo (TDEM). 2011 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019