Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo da anatomia do nervo tibial e seus ramos ao nível do terço distal da perna (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: TORRES, ANDRé LEAL GONçALVES - FM
  • USP Schools: FM
  • Sigla do Departamento: MCG
  • Subjects: NERVOS PERIFÉRICOS; CADÁVER; DISSECÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: Estudos experimentais e clínicos, realizados por diversos autores, demonstraram a susceptibilidade à compressão nervosa periférica na vigência da diabetes mellitus e modificações na evolução natural da doença após descompressões nervosas cirúrgicas dos sítios propícios a constrição neural. Em membros inferiores, a síndrome do túnel do tarso sobreposta às neuropatias vigentes ainda gera conflitos na literatura. A anatomia do nervo tibial e seus ramos ao nível do terço distal da perna e túnel do tarso apresentam variações importantes que não são contempladas nos livros texto e atlas de anatomia. OBJETIVO: Determinar, através de dissecção em cadáveres frescos, a anatomia topográfica do nervo tibial e seus ramos ao nível do tornozelo, em relação ao túnel do tarso. MATERIAL E MÉTODOS: O estudo foi realizado através da dissecção anatômica bilateral de 26 cadáveres frescos. Foi fixada, entre o cento do maléolo medial e o centro do calcâneo, uma linha de referência (eixo maleolar-calcaneal). Com base nesse eixo as localizações da bifurcação do nervo tibial e dos ramos calcâneos mediais e inferiores foram aferidas em milímetros. Para as bifurcações foi estabelecida uma classificação por tipos de I a V, baseada no posicionamento em relação ao túnel do tarso (definido como dois centímetros proximais e distais ao eixo). Para os ramos calcâneos, a quantidade e seus respectivos nervos de origens também foram analisados. Os resultados foram transformados em taxas (porcentagem)e comparados aos achados de outros estudos. RESULTADOS: Vinte e seis cadáveres (50 pernas) foram pesquisados. A bifurcação do nervo tibial ocorreu sob o túnel em 88% dos casos e proximalmente em 12%. Tivemos o tipo I em 52%, tipo II em 14%, tipo III em 22%, tipo IV em 12% e o tipo V não foi visualizado. Quanto ao ramo calcâneo medial encontramos: um (58%), dois (34%) e três (8%), com a origem mais comum (Continua)(Continuação) ocorrendo do nervo tibial (90%). De um total de 75 ramos calcâneos mediais dissecados, 40 tiveram sua origem fora do túnel proximalmente (53,3%) e os demais dentro. Com referência ao ramo calcâneo inferior, constatou-se a presença de um único ramo por perna, com 92% emergindo sob o retináculo flexor, 4% proximalmente e 4% distalmente a ele. A origem mais comum foi do nervo plantar lateral (70%), seguida do nervo tibial (18%). CONCLUSÕES: 1- A bifurcação do nervo tibial nos ramos plantares medial e lateral ocorreu sob o retináculo flexor em 88% das pernas, localizando-se, em 70% das vezes, em uma área compreendida entre 10 mm proximais e distais ao EMC. 2- O ramo calcâneo medial apresentou grande variação tanto na sua origem e número de ramos quanto na sua localização em relação ao túnel do tarso. A apresentação de um ramo com origem do nervo tibial, no túnel ou proximalmente a ele, foi a mais observada (58%). 3- O ramo calcâneo inferior esteve sempre presente e com certo grau de variação quanto a sua origem. A apresentação de ramo único oriundo do nervo plantar lateral foi a mais constante (70%)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.06.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FM10700098437W4.DB8 SP.USP FM-2 T643es 2011
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TORRES, André Leal Gonçalves; FERREIRA, Marcus Castro. Estudo da anatomia do nervo tibial e seus ramos ao nível do terço distal da perna. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5158/tde-24082011-164226/ >.
    • APA

      Torres, A. L. G., & Ferreira, M. C. (2011). Estudo da anatomia do nervo tibial e seus ramos ao nível do terço distal da perna. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5158/tde-24082011-164226/
    • NLM

      Torres ALG, Ferreira MC. Estudo da anatomia do nervo tibial e seus ramos ao nível do terço distal da perna [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5158/tde-24082011-164226/
    • Vancouver

      Torres ALG, Ferreira MC. Estudo da anatomia do nervo tibial e seus ramos ao nível do terço distal da perna [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5158/tde-24082011-164226/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: