Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Uso do lavado broncoalveolar no manejo de pacientes com suspeita de pneumonia associada à ventilação mecânica (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: TEIXEIRA, GIL CEZAR ALKMIM - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: PNEUMONIA; RESPIRADORES MECÂNICOS; BRONCOPATIAS; UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA
  • Language: Português
  • Abstract: A pneumonia associada à ventilação mecânica (PAVM) é definida por quadro infeccioso pulmonar desenvolvido em paciente submetido à ventilação mecânica invasiva (VMI) por no mínimo 48 horas, ou que foi extubado há menos de 48 horas. O principal objetivo deste estudo foi avaliar a influência do lavado broncoalveolar (LBA) no manejo de pacientes com suspeita de pneumonia associada à ventilação mecânica em pacientes internados no Centro de Terapia intensiva. A variável primária de estudo foi o diagnóstico microbiológico de PAVM a partir do LBA no período avaliado. As variáveis secundárias foram: mudanças de condutas após a realização de LBA, microbiota encontrada nos LBAs de pacientes críticos < 60 anos com pacientes ‘> ou –‘ 60 anos e aspecto da secreção encontrada no LBA. Foram estudados 81 pacientes críticos que foram submetidos à LBA devido a suspeita de PAVM. Os pacientes foram divididos por faixa etária em 2 subgrupos de análise: grupo I (pacientes < 60 anos) e grupo II (pacientes ‘> ou –‘ 60 anos). Após a realização do LBA, observou-se a troca do antibiótico em 26 pacientes (32,09%), retirada de antibiótico em 14 pacientes (17,28%), tratamento de outro foco infeccioso em 7 pacientes (8,6%), associação de outro antibiótico em quatro pacientes (4,93%), e manutenção de conduta em 27 casos (33,7%). Os pacientes com LBA negativo obtiveram percentuais significantemente superiores de achados broncoscópicos normais (18,8% versus 2%), e pacientes com resultado de LBA positivo obtiveram percentuais significativamente superiores de achado com secreção purulento (42,9% versus 1 5,6%). Conclui-se que o uso do LBA realizado por meio da broncoscopia consiste em ferramenta fundamental no manejo de pacientes com suspeita de PAVM demonstrando mudanças de condutas em até 63% dos pacientes estudados. A microbiota encontrada na população idosa (‘> ou –‘60 anos) foi semelhantes encontradaem pacientes mais jovens (<60 anos), com exceção para Staphylococcus aureus. Existe correlação Dignificante e positiva entre o aspecto da secreção encontrada e o crescimento de microorganismos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.05.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TEIXEIRA, Gil Cezar Alkmim; MORIGUTI, Júlio Cesar. Uso do lavado broncoalveolar no manejo de pacientes com suspeita de pneumonia associada à ventilação mecânica. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Teixeira, G. C. A., & Moriguti, J. C. (2011). Uso do lavado broncoalveolar no manejo de pacientes com suspeita de pneumonia associada à ventilação mecânica. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Teixeira GCA, Moriguti JC. Uso do lavado broncoalveolar no manejo de pacientes com suspeita de pneumonia associada à ventilação mecânica. 2011 ;
    • Vancouver

      Teixeira GCA, Moriguti JC. Uso do lavado broncoalveolar no manejo de pacientes com suspeita de pneumonia associada à ventilação mecânica. 2011 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019