Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Bebês e crianças pequenas em instituições coletivas de acolhimento e educação: representações de educação em creches (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FERRAZ, BEATRIZ MANGIONE SAMPAIO - FE
  • USP Schools: FE
  • Sigla do Departamento: EDF
  • Subjects: CRECHES; FORMAÇÃO DE PROFESSORES; REPRESENTAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Esta pesquisa buscou identificar e interpretar as representações de educação de bebês e crianças pequenas das profissionais docentes de creche. Os sujeitos foram as profissionais responsáveis pelas crianças de 0 a 2 anos, em uma creche empresarial no município de São Paulo, localizada no Campus de uma Universidade. Esta pesquisa se configurou como do tipo etnográfica, de caráter interpretativo envolvendo a estratégia de estudo de caso. Para a identificação das representações foram utilizados como procedimentos: entrevistas formais e informais; registros fotográficos e observações diretas da prática. Estas observações foram realizadas em três grupos e tiveram frequência semanal durante 3 meses. Além da coleta de dados junto às profissionais e o registro do caderno de campo da pesquisadora, foram analisados registros sobre o cotidiano com as crianças e também planejamentos e rotina dos grupos. Realizou-se um estudo a partir de documentos oficiais, produções acadêmicas, e a literatura produzida sobre experiências de educação de bebês em instituições educacionais com a intenção de apreender, compreender e interpretar as variáveis envolvidas nas representações identificadas. A análise das informações coletadas ao longo da pesquisa de campo teve como referencial a teoria das representações e do método genealógico proposto por Lefebvre (1983). O estudo do cotidiano da creche apontou que as práticas cotidianas nela encontradas não apenas refletem sua história, mas também aantecipam. Ao nível de suas representações as educadoras pareciam se restringir às limitações de suas próprias experiências, porém, ao nível da prática o mesmo não parecia ocorrer. O grupo de educadoras apresentou elementos de mudanças da história, construindo o potencial de um futuro com práticas transformadoras. O estudo das representações apontou que a creche é compreendida como tendo a função de socializar, favorecer a autonomia e o desenvolvimento infantil. O estudo do cotidiano aliado à análise das representações das educadoras indicou que, apesar da compreensão da função da creche como cuidar/educar crianças estar presente em suas representações ainda não aparecem incorporadas. Ao falar sobre proposta educativa, constatou-se que compreendem como educativo aquilo que devem ensinar às crianças, em uma perspectiva mais formal de ensino, passando a dar destaque não somente aos conteúdos voltados à formação pessoal e social, mas também aos conteúdos das diferentes linguagens, somando-os à função da creche e se aproximando de uma concepção mais integrada de cuidado/educação. A análise das representações também revelou contradições entre o discurso e a prática no que se refere à representação de criança, da relação com as famílias e do papel do professor. As crenças em que se originam suas representações estão pautadas em experiências profissionais e pessoais anteriores, em conhecimentos em torno da história desse segmento e carecem de escuta e reflexão em torno do querevela o cotidiano. Evidenciou-se que falta às educadoras a possibilidade de elaborar de forma crítica as experiências da prática educativa, tanto no que se refere ao cotidiano como no que se refere às suas representações, relacionando-as com as representações de outros sujeitos, com toda a história dessa instituição e com a história singular da creche em que trabalham
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.06.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FE20500086535372.212 F381b
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERRAZ, Beatriz Mangione Sampaio; NICOLAU, Marieta Lúcia Machado. Bebês e crianças pequenas em instituições coletivas de acolhimento e educação: representações de educação em creches. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-30082011-144217/ >.
    • APA

      Ferraz, B. M. S., & Nicolau, M. L. M. (2011). Bebês e crianças pequenas em instituições coletivas de acolhimento e educação: representações de educação em creches. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-30082011-144217/
    • NLM

      Ferraz BMS, Nicolau MLM. Bebês e crianças pequenas em instituições coletivas de acolhimento e educação: representações de educação em creches [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-30082011-144217/
    • Vancouver

      Ferraz BMS, Nicolau MLM. Bebês e crianças pequenas em instituições coletivas de acolhimento e educação: representações de educação em creches [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-30082011-144217/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: